ImóvelTimes

Fundo imobiliário chega ao fim e deixa de ser negociado na B3; outro muda o nome

16 nov 2023, 19:53 - atualizado em 17 nov 2023, 9:09
fundos imobiliários fiis ifix imóveis
Índice de fundos imobiliários sobe e alcança maior patamar em mais de um mês; FIIs anunciam mudanças (Foto: Flávya Pereira/Money Times)

O fundo imobiliário RBR CRI (CCRF11) deixará de ser negociado na B3 a partir da próxima semana.

Conforme informado no fim de agosto, o FII será liquidado e seus ativos serão incorporados pelo RBR Rendimentos High Grade (RBRR11).

Em comunicado, o CCRF11 explica que suas cotas serão negociadas até o pregão de 21 de novembro. Com isso, a partir do dia 22, não haverá mais negociação do fundo.

Com a amortização, a conversão das cotas do RBR CRI em RBRR11 está prevista para ser feita em 28 de dezembro. Além disso, deve ser divulgado o pagamento do valor da operação, referente ao caixa remanescente, após o pagamento dos custos de encerramento do fundo imobiliário.

O CCRF11 reforça que, em breve, anunciará mais detalhes sobre a amortização total das cotas, prazos e outros detalhes do processo de conversão das cotas para o outro FII.

O RBR CRI tem baixa liquidez e, até setembro, tinha 330 cotistas e patrimônio líquido perto de R$ 154 milhões.

FII muda de nome

O agora FII JHSF Cidade Jardim (JCCJ11) terá mudança de nome em suas cotas a partir desta sexta-feira (17) na B3. Desta forma, o nome muda de FII FOF JSHF para FII JHSF CJ.

Em agosto, o FOF JSHF Capital solicitou a mudança de nome para JHSF Cidade Jardim.

  • IFIX ‘COMEU POEIRA’? ESTA CARTEIRA DE FUNDOS IMOBILIÁRIOS TEVE LUCROS ATÉ 10X MAIORES; VEJA 5 FIIs

Índice de fundos imobiliários (Ifix)

O índice de fundos imobiliários (IfixB3 voltou do feriado em alta e alcançou o maior patamar em mais de um mês. Sendo assim, acompanhou parte da disparada do índice Ibovespa, que fechou com ganhos acima dos 124 mil pontos e mais de 1% de alta.

Por sua vez, o Ifix subiu 0,22% (após ajustes) no pregão desta quinta-feira (16), aos 3.191 pontos, encurtando cada vez mais a distância para retomar ao patamar de 3.200 pontos, marcada perdida no começo de outubro.

Portanto, depois de cair quase 2% em outubro, o índice de FIIs tem valorização de mais de 1% no acumulado do mês.



Entre os mais de 100 fundos listados, o destaque do dia foi o Versalhes Recebíveis (VSLH11), que saltou 7,91%, alcançando o quarto dia de valorização.

Por outro lado, o Kilima FII (KISU11) liderou as perdas, de 1,91%.

*As cotações citadas são do site Investing.com

Repórter
Jornalista mineira com experiência em TV, rádio, agência de notícias e sites na cobertura de mercado financeiro, empresas, agronegócio e entretenimento. Antes do Money Times, passou pelo Valor Econômico, Agência CMA, Canal Rural, RIT TV e outros.
Linkedin
Jornalista mineira com experiência em TV, rádio, agência de notícias e sites na cobertura de mercado financeiro, empresas, agronegócio e entretenimento. Antes do Money Times, passou pelo Valor Econômico, Agência CMA, Canal Rural, RIT TV e outros.
Linkedin