Fundo JBS pela Amazônia aprova primeiros projetos que receberão investimento de R$ 50 milhões

Lucas Eurico Simões
09/06/2021 - 11:37
JBSS3
O fundo constituído pela JBS tem o propósito de impulsionar a promoção de ações de conservação e preservação da floresta amazônica (Imagem: Reprodução/LinkedIn/JBS)

O Fundo JBS pela Amazônia, constituído pela JBS (JBSS3) em setembro de 2020, anuncia os primeiros seis projetos que, em conjunto, receberão R$ 50 milhões de investimentos.

O fundo tem o propósito de impulsionar a promoção de ações de conservação e preservação da floresta, melhora da qualidade de vida das comunidades locais, além do desenvolvimento científico e tecnológico da região.

No total, os projetos devem beneficiar mais de 14 mil famílias com a geração de empregos, que propiciarão aumento de renda em até 40%.

Já a participação feminina e de jovens nos negócios comunitários deve crescer 30%.

Durante o webinar “Amazônia: Desafios e oportunidades“, que acontece nesta quarta-feira (09), às 16h (horário de Brasília), representantes dos seis projetos selecionados entre os mais de 50 inscritos apresentarão as iniciativas.

O evento será aberto pelo CEO global da JBS, Gilberto Tomazoni, e pela presidente do Fundo JBS pela Amazônia, Joanita Maestri Karoleski, com apresentação da jornalista Rosana Jatobá.

Especialistas convidados que são referência em bioeconomia e desenvolvimento sustentável, como Carlos Nobre, discutirão como é possível manter a floresta em pé, aproveitando o potencial de sua biodiversidade para aumentar a renda e a qualidade de vida da população local.

Conheça cada um dos projetos no site do Fundo JBS pela Amazônia.

“Dinheiro verde”

Amazônia Floresta Meio Ambiente ESG
Título ligado a metas de sustentabilidade se alinha com a estratégia de reduções de emissões da empresa, traçada pelo Compromisso Net Zero 2040 (Imagem: Unsplash/Kunal Shinde)

No dia 08 de junho, a JBS anunciou o lançamento de títulos ligados à sustentabilidade (Sustainability-Linked Bond) e redução das emissão de gases do efeito estufa.

“Trata-se da primeira operação do tipo entre empresas do setor no Brasil“, disse a empresa, por meio da assessoria de imprensa.

Os papéis têm vencimento em janeiro de 2032. Valores não foram mencionados na nota.

Última atualização por Lucas Eurico Simões - 09/06/2021 - 11:37

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto
Pela Web