Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Fundos imobiliários: carteira de junho da XP tem mudança entre ativos de logística

01/06/2021 - 14:28
Imóveis
A carteira de FIIs da XP Investimentos apresentou desempenho negativo de 0,7% em maio; já o Ifix teve uma performance pior, registrando queda de 1,56% no período (Imagem: REUTERS/Paulo Whitaker)

A XP Investimentos realizou uma troca entre ativos do segmento logístico na carteira recomendada de fundos imobiliários de junho. O Pátria Logística (PATL11) foi excluído da composição, substituído pelo Bresco Logística (BRCO11).

Na visão da corretora, o Bresco Logística conta com um portfólio mais diversificado, tanto em quantidade de ativos quanto em números de contratos/inquilinos. Os ativos do fundos também têm melhor localização.

“O Bresco Logística é um fundo com um portfólio de ativos de alta qualidade e bem localizados (principalmente próximos na cidade de São Paulo) e ainda possui inquilinos com baixo risco de inadimplência e com alta exposição ao e-commerce (destaque para o Mercado Livre e Magazine Luiza)”, comentou.

Levando em consideração todas essas características, a XP vê o fundo sendo negociado a patamares atrativos, visto que ele caiu 5,1% no ano.

A XP não alterou os pesos da carteira, que segue com maior alocação em recebíveis (37.5%) e logística (35%). Os segmentos de shopping centers (não presente no portfólio) e lajes corporativas (10% de participação) devem seguir pressionados no curto prazo, o que explica a exposição limitada na composição.

Fundo Ticker Segmento Peso
CSHG Renda Urbana HGRU11 Híbrido 17,50%
BTG Logística BTLG11 Ativos logísticos 12,50%
XP Crédito Imobiliário XPCI11 Recebíveis 15%
VBI Prime Offices PVBI11 Lajes corporativas 10%
Capitânia Securities CPTS11 Recebíveis 15%
RBR High Grade RBRR11 Recebíveis 7,50%
Bresco Logística BRCO11 Ativos logísticos 10%
Vinci Logística VILG11 Ativos logísticos 12,50%

A carteira recomendada da XP apresentou desempenho negativo de 0,7% em maio. O IFIX, índice de Fundos Imobiliários, teve uma performance pior, registrando queda de 1,56% no período. O índice XPFI, índice geral de fundos imobiliários da XP, caiu 1,63%, enquanto o XPFT, índice de fundos imobiliários de tijolos da XP, apresentou queda de 1,85% e o XPFP, índice de fundos imobiliários de papel da XP, desvalorizou 1,67%.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Diana Cheng - 01/06/2021 - 14:28

Pela Web