Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Fundos Imobiliários em 2019? Conheça os dois preferidos do Bradesco BBI

05/02/2019 - 15:35

Imóveis

A equipe de análise do Bradesco BBI divulgou relatório nesta terça-feira (5) sobre o setor imobiliário, no qual lista quais são suas preferências em relação aos fundos imobiliários favoritos.

Acompanhe as carteiras recomendadas de fevereiro

“Embora a melhora das condições macroeconômicas mais uma vez forneça um cenário otimista para os fundos imobiliários brasileiros de forma geral, continuamos gostando mais dos FIIs de shopping centers”, disparam os analistas, reiterando a preferência nos shoppings.

Para justificar a seleção, os analistas destacam a melhora operacional dos shoppings no Brasil e sua capacidade de retomada gradual do mercado em 2019, devido aos seguintes fatores: (i) redução dos níveis de desconto; (ii) melhoria do varejo, resultando em alugueis fixos e variáveis mais altos; e (iii) com exceção dos períodos de recessão, os shoppings apresentaram historicamente um crescimento real de aluguel/m2 para suas renovações (diferentemente do mercado de escritórios).

XPML e VISC

“Assim, mantemos nossas preferências por XPML e VISC que vemos como tendo portfólios diversificados, incluindo: ativos-premium que são menos dependentes da macroeconomia; e shoppings que sofreram muito devido a condições macroeconômicas negativas nos últimos anos e que agora apresentam potencial atrativo de valorização”, completa a equipe de análise do Bradesco BBI.

Adicionalmente, os analistas destacam a volta das ofertas públicas e o anúncio pelos FIIs de levantar capital em 2019 com base em um mercado mais otimista. “Esperamos que os recursos sejam usados principalmente para adquirir novos ativos, já que as taxas de juros ainda são interessantes”.

A instituição lista como recomendação no universo de fundos imobiliários os dois citados citados acima, projetando preço-alvo de R$ 125,00 para o XPML e de R$ 130,00 para o VISC, com rendimento esperado via dividendos de 7% e 7,5%, respectivamente, para 2019.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Última atualização por Valter Outeiro da Silveira - 05/02/2019 - 15:35