Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Futuros do minério de ferro registram valorização de 0,53% na bolsa de Dalian

11/12/2019 - 8:38
Minerio de Ferro
O ativo com maior volume de negócios, com data de vencimento para maio do próximo ano, avançou 0,53% para 658,50 iuanes por tonelada (Imagem: Pixabay)

Por Investing.com

A jornada desta quarta-feira foi marcada por uma nova valorização dos contratos futuros do minério de ferro, que são transacionados na bolsa de mercadorias da cidade chinesa de Dalian. O ativo com maior volume de negócios, com data de vencimento para maio do próximo ano, avançou 0,53% para 658,50 iuanes por tonelada, o que representa variação de 3,50 iuanes em relação aos 655,50 iuanes por tonelada do valor de liquidação da véspera.

Na mesma direção, os papéis futuros do vergalhão de aço também tiveram ganhos na sessão de hoje, que são negociados na bolsa de mercadorias de Xangai, também na China. O contrato de maior de liquidez, de maio de 2020, somou 24 iuanes para 3.537 iuanes por tonelada. Já o segundo em volume, de janeiro, teve ganhos de 62 iuanes para 3.743 iuanes por tonelada.

As bolsas da China subiram em meio a um dia de cautela, após um relatório de que autoridades de Washington e Pequim planejam adiar uma nova rodada de negociação prevista para este fim de semana, mas os investidores ainda esperam detalhes concretos de ambos os lados.

As autoridades de Pequim e Washington sinalizaram que 15 de dezembro não é a data final para alcançar o chamado acordo de “primeira fase”, de acordo com um relatório do Wall Street Journal. Ainda não está claro se o presidente dos EUA, Donald Trump, aplicará novas tarifas sobre quase US $ 160 bilhões em bens de consumo chineses em 15 de dezembro, disse uma pessoa informada sobre a situação, acrescentando que os principais assessores econômicos e comerciais da Casa Branca devem se reunir nos próximos dias com Trump sobre essa decisão.

Os bancos chineses concederam 1,39 trilhão de yuans (US$ 197,47 bilhões) em novos empréstimos em novembro, recuperando-se mais do que o esperado, uma vez que autoridade monetária reduziu algumas taxas-chave de empréstimos e incentivou um crescimento mais rápido do crédito para sustentar a desaceleração da economia.

Última atualização por Diana Cheng - 11/12/2019 - 8:38

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto