Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Genial traz duas novas sugestões de fundos imobiliários na carteira de junho

02/06/2021 - 10:37
Tanto a Carteira Valor quanto a Carteira Renda da Genial apresentaram melhor performance que o Ifix em maio (Imagem: Unsplash/@matthewhenry)

A Genial Investimentos alterou dois ativos da carteira recomendada de fundos imobiliários em junho. O REC Recebíveis Imobiliários (RECR11) e o Rio Bravo Fundo de Fundos (RBFF11) foram excluídos do portfólio, substituídos por Plural Recebíveis Imobiliários (PLCR11) e RBR Alpha Fundo de Fundos (RBRF11).

Apesar de gostar do REC Recebíveis Imobiliários, a Genial retirou o fundo devido à nova emissão de cotas no mercado.

No caso do Rio Bravo Fundo de Fundos, mesmo o ativo estando com desconto e com seus dividendos rendendo mais que os dos pares, a corretora acredita que o RBR Alpha Fundo de Fundos, com seu portfólio diversificado e com desconto, está com boa oportunidade de compra.

A carteira de FIIs da Genial é dividida em Carteira Valor e Carteira Renda. A Carteira Valor teve desvalorização de 1,33%, uma performance melhor do que o Índice de Fundos Imobiliários (Ifix), que caiu 1,56%. A Carteira Renda também mostrou melhor desempenho que o Ifix, tendo desvalorizado 0,63%.

Carteira Valor para junho

Fundo Ticker Peso
Plural Recebíveis Imobiliários PLCR11 25%
Pátria Logística PATL11 25%
RBR Alpha Fundo de Fundos RBRF11 20%
HSI Malls HSML11 15%
Malls Brasil Plural MALL11 15%

Carteira Renda para junho

Fundo Ticker Peso
BTG Pactual Crédito Imobiliário BTCR11 20%
Bresco Logística BRCO11 20%
Vinci Offices VINO11 15%
VBI Prime Properties PVBI11 10%
Mogno Fundo de Fundos MGFF11 15%
CSHG Renda Urbana HGRU11 20%

Perspectivas econômicas

O mercado está mais confiante com a retomada da economia. Isso, disse a Genial, tende a beneficiar o setor logístico e de renda urbana/shopping, visto que o consumo vai crescer, aquecendo a demanda por áreas de armazenagem.

A inflação segue pressionada, e o aumento dos juros pode acontecer mais rápido que o esperado. A expectativa da corretora é de que a Selic feche em 6,5% nesse ano.

“Nesse cenário alguns fundos imobiliários teriam yield abaixo da Selic, forçando a desvalorização da cota”, disse.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Diana Cheng - 02/06/2021 - 10:37

Pela Web