Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Fast

Gerdau busca selo de certificação “B-corp” para o final de 2021, diz Estadão

09/01/2020 - 12:45
A publicação destaca que no Brasil, a Natura é a única companhia aberta que possui essa certificação obtida em 2014 (Imagem: Money Times)

O grupo siderúrgico gaúcho Gerdau (GGBR4) busca até o final do ano que vem obter a certificação dada às companhias que conseguem unir o lucro com o impacto social, o que vai fazer com que seja conhecida como uma empresa “B”, ou simplesmente uma “B-Corp”. As informações são da edição desta quinta-feira da Coluna do Broad, do Estadão.

Assim por volta das 11h55, as ações perdiam 0,82% a R$20,61.

A publicação destaca que no Brasil, a Natura (NTCO3) é a única companhia aberta que possui essa certificação obtida em 2014. Além dela, outras empresas também tem o selo “B”, mas são menores e de diversas áreas, como educação e produtora de filmes.

No caso da Gerdau, sob comando de Gustavo Werneck, as tratativas para a obtenção da certificação no ano passado, com os planos devendo continuar no decorrer deste ano. Para isso, a companhia deve no próximo relatório integrado, reportar seus indicadores de CO2 e abrir mais indicadores ambientais.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

O selo “B” é concedido pela B Lab, organização norte-americana sem fins lucrativos que reconhece empresas não só por lucrarem, mas por cumprirem metas sociais, ambientais e de transparência.

Uma B corporation em potencial precisa estar disposta a mudar práticas e modelos de negócios com base nos indicadores, o que pode exigir investimento de recursos e tempo. Empresas de grande porte, por exemplo, levam em média entre 6 e 12 meses para ganhar a certificação.

Última atualização por Rafael Borges - 09/01/2020 - 12:45

Ultrapar, dos postos Ipiranga, perde R$ 593 milhões com rede de farmácias