Giro das commodities: preços timidamente mistos e oscilando, indicando rumos indefinidos

Giovanni Lorenzon
20/01/2022 - 10:34
Graos
Soja se sustenta em leve alta, enquanto outras commodities devolvem ganhos (Imagem: Pixabay)

Com exceção da soja e açúcar, o café arábica, o milho e a fibra do algodão estão devolvendo parte dos últimos ganhos nesta quinta (20), especialmente os de ontem.

Mas, ainda como as três primeiras commodities, pelo menos o café, e o milho, estão firmes nos seus suportes altistas – baixa oferta e baixos estoques mundiais – de modo que pode diminuir o recuo, quase estável ou até virar ao longo do pregão.

O café perde 0,50%%, a 243,23 centavos de dólar por libra-peso,  e o algodão cede 0,58%, a 123,25 c/lp.

Ao mesmo horário, às 10h25 (Brasília), o açúcar conseguiu voltar ao positivo, depois de abrir também em realização de lucros, apesar do petróleo também estar em ajuste. Avança modestamente 0,37%, a 19,14 c/lp.

Soja está assentada nos preços climáticos, com o mercado testando as chuvas pouco melhores na Argentina, principalmente, e monitorando a situação no Rio Grande do Sul, com leve ganho de 0,43%, a US$ 13,97.

O milho, como a oleaginosa, também sente produção bem menor na América do Sul, mas também entrou em ajuste, e perde apenas 0,10%, a US$ 6,08, em Chicago, depois de abrir em avanço.

 

Última atualização por Giovanni Lorenzon - 20/01/2022 - 10:34

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto