Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Gol e Azul oscilam perto da estabilidade após prévias operacionais de setembro

05/10/2018 - 12:43

Azul

Por Investing.com – Em dia marcado pela cautela dos investidores na última sessão antes do primeiro turno das eleições, as ações da Gol (GOLL4) e da Azul (AZUL4) oscilam entre altas e baixas, próximas da estabilidade. No primeiro caso, as perdas são de 0,16% a R$ 12,13, enquanto no segundo a queda é de 1,01% a R$ 24,53.

Como pano de fundo para os resultados, as companhias áreas divulgaram as prévias operacionais de setembro. A Gol informou que registrou queda de 0,5 na demanda por seus voos domésticos em setembro ante o mesmo mês do ano passado, enquanto a Azul reportou alta de 11,7 por cento na mesma base de comparação.

A oferta de voos domésticos da Gol no mês passado avançou 2,4 por cento ante um ano antes. Já a Azul teve alta de 10,6 em sua oferta de voos nacionais no período.

No caso da Gol, com o aumento da oferta e recuo da demanda, a taxa de ocupação em voos domésticos em setembro recuou 2,3 pontos percentuais, para 78,7 por cento. Já a Azul reportou aumento de 0,8 ponto na taxa, para 82,6 por cento.

“Estamos muito satisfeitos com o atual ambiente de demanda no Brasil, que continua melhorando à medida em que nos aproximamos da alta temporada”, disse o presidente-executivo da Azul, John Rodgerson, em comunicado.

No mercado internacional, a Gol teve queda de 4,6 por cento na demanda por seus voos em setembro, enquanto a oferta no segmento recuou 2,9 por cento. Já a Azul teve alta de 32,1 por cento na demanda internacional, enquanto a oferta subiu 38,4 por cento.

Com isso, a taxa de ocupação da Gol no segmento internacional cedeu 1,3 ponto percentual, para 73 por cento, e a ocupação da Azul caiu 4,1 ponto, para 85 por cento.

Trimestre

Com os resultados de setembro, a Gol encerrou o terceiro trimestre com alta de 4,2 por cento na demanda por voos domésticos em relação ao mesmo período do ano passado. Já a oferta no período avançou 5,1 por cento, levando a uma diminuição de 0,7 ponto percentual na taxa de ocupação, para 80,2 por cento.

A Azul registrou alta de 14,3 por cento na demanda por voos domésticos no período de julho a setembro ante um ano antes. A oferta na mesma base de comparação subiu 13,1 por cento e a taxa de ocupação avançou 0,9 ponto, para 82,5 por cento.

No segmento internacional, a Gol fechou o terceiro trimestre com queda de 13,5 por cento na demanda e recuo de 6,9 por cento na oferta. A ocupação cedeu 5,4 pontos, para 69,9 por cento.

Já a Azul registrou aumento de 40,4 por cento na demanda por seus voos internacionais no período de julho a setembro ante um ano antes. Na mesma base de comparação, a oferta de voos internacionais da empresa avançou 42,6 por cento, resultando em um recuo de 1,4 ponto na ocupação, para 87,4 por cento.

A Gol divulga resultados trimestrais em 1 de novembro e a Azul deve publicar seu balanço na semana seguinte.

Com Reuters.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Leia mais sobre: , , ,

Última atualização por Victor Fermino - 05/10/2018 - 12:43

Cotações Crypto
Pela Web