Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Gol sobe mais de 2% após anunciar devolução de aviões para Boeing

27/12/2018 - 10:42
Biocombustível II

Por Investing.com – Nos primeiros negócios da manhã desta quinta-feira na bolsa paulista, as ações da Gol (GOLL4) operam com valorização de 2,08% a R$ 25,01 A companhia aérea anunciou nesta a devolução de 13 aeronaves Boeing 737 NGs, movimento que deve render à empresa uma redução de 1,1 bilhão de reais da dívida.

“As monetizações das nossas aeronaves 737-800 NGs permitem a Gol acelerar a redução da alavancagem em seu balanço”, afirmou em nota o vice-presidente financeiro da empresa, Richard Lark.

Com a transação, a Gol prevê redução de 510 milhões de reais em dívida de arrendamento financeiro e um aumento de 580 milhões de reais em liquidez caixa. O contrato foi feito com a Castlelake e Apollo Aviation.

Para a XP Investimentos, a Gol deve mostrar ganhos operacionais acima das expectativas para os próximos dois anos com o plano de renovação da frota que colocou em marcha recentemente, e pelo qual poderá reduzir sua dívida líquida em pouco mais de R$1,1 bilhão ao longo do próximo ano.

“O anúncio é positivo, e a concretização da substituição dos jatos, tudo mais constante, deverá resultar em ganhos operacionais acima das nossas expectativas já para os próximos dois anos,” disseram os analistas da corretora em nota enviada a cliente na noite de ontem.

A dívida líquida ajustada da companhia terminou setembro em R$13,6 bilhões. O plano faz parte de um processo de reestruturação empreendido pelo diretor-presidente Paulo Kakinoff, para mitigar o impacto de dólar e petróleo voláteis e melhorar a eficiência operacional da aérea. Isso permitiu a ação da Gol acumular alta de 68% no ano, ante 30% da concorrente Azul (AZUL4).

Os aviões serão removidos da frota de forma programada no período de 2019 e 2021. Segundo a Gol, as aviões serão trocados na frota nos próximos anos por aeronaves Boeing 737 MAX-8.

“A Gol manterá sua disciplina de capacidade e esta transação reforça a flexibilidade do plano de frota”, afirmou o vice-presidente de planejamento da Gol, Celso Ferrer.

Segundo a companhia, a devolução de aviões não impactará sua operação, uma vez haverá a chegada das aeronaves 737 MAX-8 de seu pedido com a Boeing e recentes arrendamentos operacionais diretos de 11 aeronaves 737 MAX-8.

“O 737 MAX será a espinha dorsal da frota da Gol, aumentando o número de assentos médios por aeronave e mantendo o custo por assento em níveis muito baixos”, diz o texto.

Com Reuters.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Leia mais sobre: ,

Última atualização por Valter Outeiro da Silveira - 27/12/2018 - 10:44

Cotações Crypto
Pela Web