Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Goldman e magnata da Rússia apostam em tecnologia educacional

22/07/2021 - 14:04
Goldman, Baring Vostok e Winter Capital compraram uma participação de US$ 50 milhões na GetCourse, que ajuda escolas, instrutores e outros profissionais na criação e comercialização de conteúdo (Imagem: Site/Goldman Sachs_

O Goldman Sachs e dois fundos da Rússia estão investindo em uma plataforma de treinamento online para aproveitar a expansão do mercado de tecnologia educacional na esteira da pandemia de Covid-19.

Goldman, Baring Vostok e Winter Capital compraram uma participação de US$ 50 milhões na GetCourse, que ajuda escolas, instrutores e outros profissionais na criação e comercialização de conteúdo, disseram em comunicado na quinta-feira. Vladimir Potanin, o homem mais rico da Rússia, é o maior investidor da Winter Capital.

Magnatas russos, líderes de tecnologia e empresas de capital internacional estão investindo em tecnologia educacional na Rússia, que deve superar o crescimento global do setor em meio à retomada do mercado doméstico.

Outras “startups edtech” apoiadas pela Winter Capital e Alexey Mordashov, a terceira pessoa mais rica da Rússia, dizem que em breve estarão prontas para abrir o capital depois que o mercado dobrou de tamanho no ano passado. Gigantes da tecnologia como Yandex e Mail.Ru Group também estão investindo no setor.

“A pandemia aumentou o interesse em educação online adicional”, disse Marianna Snigireva, diretora-presidente da Netology Group, empresa que conta com Mordashov entre os investidores e que oferece cursos para mais de 7 milhões de alunos. “Vemos muitos exemplos em que um bartender quer se tornar um web designer.”

A edtech russa tem como foco a educação continuada. Um cliente típico tem entre 25 e 35 anos e busca estudar programação, análise, marketing ou design, de acordo com Snigireva.

O setor de conteúdo em russo responde por uma pequena parte do mercado global de edtech, que movimenta US$ 227 bilhões e registrou forte expansão no ano passado, quando as restrições de mobilidade da pandemia estimularam o aprendizado online.

A Winter Capital estima que o mercado de edtech russo tenha mais que dobrado no ano passado, para algo entre US$ 1,5 bilhão e US$ 2 bilhões.

Gostou desta notícia? Baixe o nosso app para ler, em apenas um clique, esta e mais de 150 matérias diárias.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Rafael Borges - 22/07/2021 - 14:04

Pela Web