BusinessTimes

Google (GOOGL) anuncia novo centro de desenvolvimento em Nairóbi, na África

19 abr 2022, 20:28 - atualizado em 19 abr 2022, 20:28
Google Nairóbi África
Novo centro de desenvolvimento de produtos do Google em Nairóbi, no Quênia, é parte da estratégia de expansão da empresa no continente africano (Imagem: Unsplash/Amani Nation)

O Google (GOOG;GOOGL;GOGL34;GOGL35) anunciou nesta terça-feira (19) que irá inaugurar seu primeiro centro de desenvolvimento de produtos na cidade de Nairóbi, no Quênia. A nova instalação da empresa na África é a primeira no continente com foco na construção de novos produtos e serviços.

Em outubro de 2021, o Google anunciou planos para investir cerca de US$ 1 bilhão no continente africano nos próximos cinco anos. Com a abertura do novo centro de desenvolvimento de produtos em Nairóbi a empresa mira nas demandas em tecnologia da população e empresas locais.

Junto com a notícia, foram anunciadas a abertura de 100 vagas de tecnologia no país do leste africano. Entre os profissionais que serão recrutados estão engenheiros, desenvolvedores de software, pesquisadores e designers.

O anúncio foi feito por Sundar Pichai, CEO do Google, nas redes sociais.

De acordo Suzanne Frey, vice-presidente de produtos do Google, os principais desafios dos profissionais alocados na central de desenvolvimento serão a melhoria dos produtos Google utilizados pela população africana, assim como a criação de uma nova infraestrutura de internet para usuários da região.

Em 2019, o Google realizou seu maior investimento no continente ao abrir um polo de pesquisa em inteligência artificial em Gana. Segundo a empresa, a criação de novas centrais de pesquisa e desenvolvimento é parte do compromisso da empresa com a transformação digital dos países africanos.

“O apoio à transformação digital da África exigirá trabalho em equipe – até 2030, a África terá 800 milhões de usuários de internet e um terço da população mundial com menos de 35 anos”, afirmou Frey em comunicado oficial a imprensa.

Nas últimas semanas, o Quênia tem recebido grandes empresas de tecnologia ao redor do mundo que enxergam a África como um mercado em potencial. A Microsoft (MSFT;MSFT34), por exemplo, anunciou a abertura de um novo escritório em Nairóbi.

A gigante de pagamentos Visa (VISA34) divulgou a abertura de um estúdio de inovação na capital queniana. Segundo Aida Diarra, vice-presidente da empresa, “a África Subsaariana é uma região em rápido crescimento, com uma população com grande conhecimento tecnológico”.

Siga o Money Times no Instagram!

Conecte-se com o mercado e tenha acesso a conteúdos exclusivos sobre as notícias que enriquecem seu dia! Sete dias por semana e nas 24 horas do dia, você terá acesso aos assuntos mais importantes e comentados do momento. E ainda melhor, um conteúdo multimídia com imagens, vídeos e muita interatividade, como: o resumo das principais notícias do dia no Minuto Money Times, o Money Times Responde, em que nossos jornalistas tiram dúvidas sobre investimentos e tendências do mercado, e muito mais. Clique aqui e siga agora nosso perfil!

Estagiário
Estudante de jornalismo na Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM). Foi tradutor no Programa de Voluntários Internacionais da ONU durante dois anos. Na universidade, desenvolve pesquisas em Linguagem e História do Pensamento Social Brasileiro. Escreve sobre tecnologia, ciência, conflitos e assuntos internacionais.
Linkedin
Estudante de jornalismo na Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM). Foi tradutor no Programa de Voluntários Internacionais da ONU durante dois anos. Na universidade, desenvolve pesquisas em Linguagem e História do Pensamento Social Brasileiro. Escreve sobre tecnologia, ciência, conflitos e assuntos internacionais.
Linkedin