Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Fast

Governo avalia subsídio na conta de luz para templos religiosos

10/01/2020 - 18:19
Igreja Universal
A criação do incentivo aos templos religiosos, se confirmada, iria na contramão de planos do próprio Ministério de Minas e Energia (Imagem: Money Times/Gustavo Kahil)

O governo Jair Bolsonaro tem estudado a possibilidade de criar subsídios para reduzir custos de templos religiosos com energia elétrica, disse nesta sexta-feira o Ministério de Minas e Energia.

A avaliação da medida vem apesar de uma alta nos custos dos subsídios bancados pelas contas de luz dos brasileiros neste ano, para 21,9 bilhões de reais. Os incentivos, bancados por consumidores por meio de encargos, incluem desde descontos para clientes de baixa renda até apoio a fontes renováveis e ao carvão mineral.

“O assunto está sendo avaliado pelo governo”, disse a pasta de Minas e Energia após questionamento da Reuters.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

O jornal O Estado de S. Paulo havia publicado mais cedo nesta sexta-feira sobre os estudos para os subsídios.

A criação do incentivo aos templos religiosos, se confirmada, iria na contramão de planos do próprio Ministério de Minas e Energia, que em meio a estudos para modernização da regulação do setor elétrico tem falado em atuar pela “racionalização de encargos e subsídios”.

Última atualização por Bruno Andrade - 10/01/2020 - 18:19