Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Copel avaliará dividendo extra após pedido do governo do Paraná

08/01/2021 - 20:29
Linhas de transmissão Energia Elétrica
A operação ocorreria em conjunto com oferta em que o braço de participações do BNDES, BNDESPar, pretende realizar para se desfazer de sua fatia na companhia (Imagem: Reuters/Nacho Doce)

O governo do Paraná pediu à empresa de energia do Estado Copel (CPLE3; CPLE5; CPLE6) a distribuição de dividendos extraordinários no maior valor possível neste ano, enquanto também manifestou intenção de vender ações que detém na companhia, embora ainda mantendo o controle acionário.

A elétrica disse em comunicado nesta sexta-feira que o governo do Estado condicionou seu apoio à migração da companhia do Nível 1 para o Nível 2 de governança corporativa da bolsa B3 (B3SA3) à realização de uma oferta secundária na qual poderia vender papéis.

Essa operação ocorreria em conjunto com oferta em que o braço de participações do BNDES, BNDESPar, pretende realizar para se desfazer de sua fatia na companhia, acrescentou a Copel.

A Copel disse que apresentará oportunamente uma proposta para migração ao Nível 2 de acordo com os requisitos do governo, controlador da empresa, e que “irá avaliar a possibilidade de distribuição de dividendos extraordinários”.

O governo do Paraná detém 31,1% da Copel, com 58,6% das ações ordinárias, com direito a voto.

O BNDESPar, que anunciou em dezembro a contratação do BTG Pactual (BPAC11) para vender suas ações na estatal, possui 24% da empresa, com 26,4% das ações ordinárias e 21,3% das preferenciais de classe

Momento positivo

Copel CPLE6
O movimento também ocorre em meio a momento positivo para as finanças da Copel (Imagem: Divulgação/Copel)

O pedido do governo paranaense por mais dividendos vem em momento em que governadores enfrentam custos adicionais decorrentes de medidas contra a pandemia de coronavírus.

Mas o movimento também ocorre em meio a momento positivo para as finanças da Copel, que em novembro passado fechou a venda de sua unidade de telecomunicações por 2,395 bilhões de reais.

Logo depois da operação, fechada em leilão de privatização, o diretor financeiro da Copel, Adriano Rudek, disse que a companhia aproveitaria o momento para rever sua política de dividendos, que segundo ele teria “regras mais claras” e objetivas, “baseadas nas melhores práticas do mercado”.

A Copel registrou lucro líquido de 2,78 bilhões de reais no acumulado dos primeiros nove meses de 2020, ou 90% a mais que no mesmo período de 2019.

Units

Copel
As units seriam compostas por cinco ações de emissão da empresa, (Imagem: Copel/Divulgação)

Em paralelo, a Copel disse que o governo paranaense se manifestará favoravelmente em assembleia de acionistas sobre proposta da empresa de implementar um programa de certificado de depósito de ações (Units).

As units seriam compostas por cinco ações de emissão da empresa, sendo uma ordinária e quatro preferenciais de classe B.

Para formação de Units, seria permitida a conversão de ações ordinárias em preferenciais classe “B” e de ações preferenciais classe “B” em ordinárias, observado limite legal que não permite que as ações preferenciais excedam 2/3 do total.

A companhia ainda pretende promover um desdobramento de ações logo após a conversão e antes da emissão das Units, em proporção ainda a ser definida, “visando maximizar a liquidez” dos papéis.

Confira o fato relevante divulgado pela Copel:

Última atualização por Lucas Eurico Simões - 08/01/2021 - 20:29

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto
Pela Web