AgroTimes

Gripe aviária: Brasil ultrapassa 100 casos da doença; há risco para o agro e suas granjas?

19 set 2023, 10:47 - atualizado em 19 set 2023, 10:59
O agro do Brasil exporta mais de 400 mil toneladas de carne de frango por mês (Imagem: Unsplash/@bobbottman)

O ministério da Agricultura e Pecuária do Brasil (Mapa) confirmou nesta terça-feira (19) dois novos casos de gripe aviária de alta patogenicidade.

Dessa forma, o Brasil soma 105 casos da doença, sendo 102 casos em aves silvestres e três focos em produção de subsistência (fundo de quintal).

Segundo o Mapa, as medidas sanitárias estão sendo aplicadas pelo Serviço Veterinário Oficial para contenção e erradicação do foco, bem como estão sendo intensificadas as ações de vigilância em populações de aves domésticas na região.

Assim, não há estabelecimentos avícolas industriais nas áreas de risco epidemiológico ao redor do foco.

Há risco para o agro?

O Agro Times ouviu o analista de proteína animal da Safras & Mercado, Fernando Iglesias, sobre um possível risco para as indústrias avícolas do Brasil com o avanço da doença.

Segundo ele, mesmo que expressivo, esse número não causa impactos no ponto de vista mercadológico. No entanto, ele julga fundamental que o Brasil siga realizando testagens para identificar as zonas de risco da doença.

“No início, os focos eram concentrados em áreas litorâneas, agora já vemos casos no Mato Grosso do Sul. Com isso, o Brasil deve seguir vigilante, para evitar desdobramentos mais graves da gripe aviária, que pode afetar as exportações do país”, explica.

Dessa maneira, Iglesias ressalta que o Brasil exporta mais de 400 mil toneladas de carne de frango por mês, com destino para mais de 100 países, com o país na liderança global.

“Quando falamos em combate à gripe aviária, o Brasil conta com medidas muito assertivas, com o estado de emergência zoossanitária desde o início dos casos, que desburocratiza o combate à doença. Granjas comerciais são ambientes altamente controlados, assim, é preciso conscientizar a população sobre essa questão e ressaltar que não há risco para consumo da proteína”, conclui.

Assim, o Mapa segue alertando a população para que não recolham as aves que encontrarem doentes ou mortas e acionem o serviço veterinário mais próximo para evitar que a doença se espalhe.

Não há mudanças no status brasileiro de livre da influenza aviária perante a Organização Mundial de Saúde Animal (OMSA), por não haver registro da doença na produção comercial.

Casos de gripe aviária por estado

  • Espírito Santo: 29
  • São Paulo: 28
  • Rio de Janeiro: 18
  • Paraná: 12
  • Santa Catarina: 11
  • Bahia: 4
  • Rio Grande do Sul: 1
  • Mato Grosso do Sul: 1

Repórter no Agro Times
Formado em Jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu. Atua como repórter no Agro Times desde março de 2023. Antes do Money Times, trabalhou por pouco mais de 3 anos no Canal Rural, onde atuou como editor do Rural Notícias, programa de TV diário dedicado à cobertura do agronegócio. Por lá, participou da produção e reportagem do Projeto Soja Brasil, que cobre o ciclo da oleaginosa do plantio à colheita, e do Agro em Campo, programa exibido durante a Copa do Mundo do Catar e que buscava mostrar as conexões entre o futebol e o agronegócio.
Linkedin
Formado em Jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu. Atua como repórter no Agro Times desde março de 2023. Antes do Money Times, trabalhou por pouco mais de 3 anos no Canal Rural, onde atuou como editor do Rural Notícias, programa de TV diário dedicado à cobertura do agronegócio. Por lá, participou da produção e reportagem do Projeto Soja Brasil, que cobre o ciclo da oleaginosa do plantio à colheita, e do Agro em Campo, programa exibido durante a Copa do Mundo do Catar e que buscava mostrar as conexões entre o futebol e o agronegócio.
Linkedin
Giro da Semana

Receba as principais notícias e recomendações de investimento diretamente no seu e-mail. Tudo 100% gratuito. Inscreva-se no botão abaixo:

*Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.