Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Fast

Guedes volta a falar em redução de R$100 bi nos compulsórios

01/08/2019 - 17:04
“Quando falo em números sempre estou baseado em alguma estimativa do próprio governo”, disse Guedes (Imagem: REUTERS/Adriano Machado)

O ministro da Economia, Paulo Guedes, voltou a fazer referência nesta quinta-feira à possibilidade de uma redução nos compulsórios no valor de 100 bilhões de reais.

“Houve uma pequena redução de compulsório, de 17 bilhões de reais a 20 bilhões, há estimativa de que isso pode acontecer nos próximos anos, pode chegar a até uns 100 bilhões”, afirmou Guedes durante palestra em Novo Hamburgo (RS).

O ministro ressaltou que “quando falo em números sempre estou baseado em alguma estimativa do próprio governo”.

No final de junho, Guedes afirmou publicamente que os compulsórios seriam reduzidos em “mais de 100 bilhões de reais”. Depois da declaração, o Banco Central divulgou nota em que afirmou que a redução dos compulsórios é uma ação ainda em curso, “sem definições de prazos ou montantes”.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Para Guedes, a redução do volume de recursos que as insituições financeiras são obrigadas a recolher ao Banco Central vai ajudar a irrigar o mercado de crédito, contribuindo para reduzir os spreads bancários. As fintechs e as empresas simples de crédito também terão contribuição importante nesse processo, pontuou.

“E vem mais coisa por aí, nós vamos derrubar os spreads bancários”, afirmou o ministro.

Última atualização por Bruno Andrade - 01/08/2019 - 17:04

BTG Digital já representa R$ 10 bilhões do valor do BTG Pactual, segundo o UBS