Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Guide espera reabertura parcial de 50% dos shoppings até 10 de maio

23/04/2020 - 11:27
Shopping Iguatemi
“No começo da semana, já contamos com cerca de 15 a 20 shoppings abertos, o que sinaliza que a reabertura deve ser acelerada nos próximos dias”, disse a Guide (Imagem: Gustavo Kahil/Money Times)

Estados e municípios já começaram a afrouxar algumas medidas de isolamento social. Restrições que implicavam no fechamento de shoppings estão sendo retiradas aos poucos, e a expectativa da Guide Investimentos é de que metade dos empreendimentos esteja operando parcialmente até 10 de maio.

“No começo da semana, já contamos com cerca de 15 a 20 shoppings abertos, o que sinaliza que a reabertura deve ser acelerada nos próximos dias”, projetou a corretora.

A brMalls (BRML3) anunciou ontem que reabriu o Shopping Iguatemi Caxias do Sul, localizado no Rio Grande do Sul, e o Shopping Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. Os lojistas estão operando em horário reduzido, e protocolos rígidos relacionados à sanitização foram implementados pela companhia.

Segundo a Guide, o setor está bem preparado para enfrentar a crise.

“Com a reabertura parcial dos shoppings, o setor poderá contar com as lojas funcionando, o que permite que estas voltem a ter condições para pagar o aluguel de maneira usual”, explicou.

Novas estimativas

A Ágora Investimentos divulgou novas estimativas para as empresas, levando em consideração os efeitos da covid-19.

Os analistas Victor Tapia e Maria Clara Negrão destacaram que, desde fevereiro, os preços das ações dos shoppings caíram em média 39%, enquanto propriedades comerciais registraram recuo de 32%. Apesar das quedas, a corretora não vê grandes mudanças estruturais para o setor.

shopping
A Ágora não vê grandes mudanças estruturais para o setor com os efeitos da covid-19 (Imagem: Divulgação/Aliansce)

“Todas as empresas sob nossa cobertura já estão conectadas a plataformas online”, afirmaram Tapia e Negrão.

Os analistas adotaram uma premissa conservadora de receita zero no segundo trimestre de 2020 e incluíram uma taxa de desconto mais alta – em média, 13,5% –, o que reduz o preço-alvo dos papéis em cerca de 20%.

As ações favoritas da Ágora no segmento são a Aliansce Sonae (ALSO3) e a Iguatemi (IGTA3). Apesar do cenário desafiador, os dois ativos mostram-se como boas opções, dado seus grandes potenciais de crescimento (41 e 36%, respectivamente)

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!

Última atualização por Diana Cheng - 23/04/2020 - 11:27