Carros

Hatch da Chevrolet volta a ser o mais vendido entre carros de passeio

04 maio 2023, 17:43 - atualizado em 04 maio 2023, 17:43
Hatch Chevrolet carro
Onix volta a liderar categoria de carros de passeio; Strada vence entre comerciais leves e na contabilidade geral. (Imagem: Chevrolet/Youtube

Chevrolet voltou a dar sinais de força e emplacou, na categoria de automóveis, o carro mais vendido do Brasil no mês de abril.

O levantamento, feito mensalmente pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), indica que abril terminou com 7.376 emplacamentos da versão hatch do Onix, afirmando o sucesso do veículo ‘de entrada’ da GM.

O Onix já havia conquistado o posto de carro mais vendido no primeiro mês de 2023, quando também recebeu o título de ‘carro mais econômico do Brasil’. De acordo com medições do Inmetro, o hatch da Chevrolet chega a fazer 17 km para cada litro abastecido de gasolina em condições de estrada.

Em segundo lugar no ranking de vendas vem o Hb20 da Hyundai, com 7.143 emplacamentos no mês. Durante março, o modelo mais conhecido da marca sul-coreana havia conquistado o topo, recuperando-se de um início de ano mais fraco e agora se firma entre as principais opções para o consumidor.

O VW Polo completa o pódio de emplacamentos da Fenabrave, com 6.063 unidades licenciadas.

Na contabilidade geral entre automóveis e comerciais leves, o título de carro mais vendido continua com a Fiat Strada. A picape média da Fiat teve 8,051 emplacamentos.

Vendas de carros novos crescem 9% em abril, mas desempenho continua fraco

As vendas de carros e comerciais leves novos subiram 11,2% em abril, na comparação anual. Segundo a Fenabrave, foram emplacadas 151.721 unidades, contra 136.416 em abril do ano passado.

Incluindo ônibus, caminhões e motocicletas, houve alta 9,7% em abril de 2023, também na comparação com o ano anterior.

Nos números gerais, somando todas as categorias, a indústria nacional emplacou 296.862 unidades em abril de 2023, superando as 270.533 unidades emplacadas em abril de 2022.

Apesar do fôlego dos indicadores, a Fenabrave diz que o desempenho foi “fraco”. Isso, porque, na comparação com março, automóveis e comerciais leves tiveram queda de 18,7%. Na ocasião, foram emplacados 186.574 exemplares.

Estagiário
Jorge Fofano é estudante de jornalismo pela Escola de Comunicações e Artes da USP. No Money Times, cobre os mercados acionários internacionais e de petróleo.
Jorge Fofano é estudante de jornalismo pela Escola de Comunicações e Artes da USP. No Money Times, cobre os mercados acionários internacionais e de petróleo.