Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Hollywood perde terreno para filmes chineses em maior mercado

10/01/2021 - 17:02
Depois que a China controlou o surto de coronavírus em poucos meses, os cinemas em território continental reabriram em meados de julho, oferecendo uma variedade de filmes locais (Imagem: Unsplash/@karenzhaocn)

A receita de bilheteria de filmes estrangeiros na China caiu mais da metade em 2020, o que marca um grande desafio para Hollywood em um dos poucos mercados importantes que se recuperam da pandemia.

No ano em que a China conquistou a coroa dos Estados Unidos como o maior mercado de cinema do mundo, com receita de 20,4 bilhões de yuans (US$ 3,2 bilhões), os filmes estrangeiros representaram apenas 16% das receitas com entradas. Isso se compara a 36% em 2019, de acordo com dados da plataforma de bilheteria Maoyan Entertainment.

Depois que a China controlou o surto de coronavírus em poucos meses, os cinemas em território continental reabriram em meados de julho, oferecendo uma variedade de filmes locais, incluindo o campeão de bilheteria do passado, “The Eight Hundred” um drama de guerra histórico. Em contraste, os EUA e a Europa ainda não conseguiram vencer a pandemia. Os lockdowns estão de volta em muitos países com o aumento de casos e mortes, mantendo as salas de cinema fechadas e atrasando produções e lançamentos de Hollywood.

“A China é a que se recuperou mais rápido do impacto da pandemia, e os chineses estão muito dispostos a sair e assistir a filmes nos cinemas”, disse Wilson Chow, líder global da indústria de tecnologia, mídia e telecomunicações na PwC China. “Hollywood lançou menos campeões de bilheteria no ano passado, então o nível de apelo para telespectadores chineses caiu.”

A pandemia também “paralisou parcialmente os estúdios de Hollywood”, disse Chow. Com o menor número de grandes lançamentos na China, a participação também foi menor na receita de bilheteria. Filmes como “Minions: The Rise of Gru” e “Black Widow”, por exemplo, foram adiados para este ano.

Os filmes estrangeiros também estão em desvantagem na China, já que as autoridades mantêm um controle rígido sobre o número de filmes importados. Um memorando da Organização Mundial do Comércio em 2012 expandiu a meta anual de títulos estrangeiros importados para a China de 20 para 34. Há também períodos de “blackout” de filmes estrangeiros durante a alta temporada.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Diana Cheng - 06/01/2021 - 18:14