Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Home broker da Vitreo chega com taxa zero e meta de ser o mais estável do mercado

20/11/2020 - 15:56
Nervos de aço: Vitreo prepara home broker à prova de alta volatilidade (Imagem: Divulgação/Vitreo)

Ao lançar seu home broker, na próxima segunda-feira (23), a Vitreo pretende atacar um problema fundamental para os investidores, sobretudo nestes tempos de elevada volatilidade nos mercados. O objetivo da gestora é oferecer a plataforma de negociações mais estável do mercado.

“Nossa meta é estar 100% do tempo disponível, quando o mercado também estiver disponível”, afirmou Patrick O’Grady, sócio e presidente da Vitreo, ao Money Times.

O’Grady lembra que há, basicamente, duas situações em que os investidores não conseguem operar pelo home broker. O primeiro é o próprio ambiente de negociação da B3 (B3SA3) estar fora do ar. O segundo são problemas da própria corretora.

O pior de tudo é que a instabilidade nos home brokers costuma ocorrer, justamente, nos momentos de maior nervosismo do mercado, quando a elevada volatilidade do preço dos ativos obriga os investidores a tomar decisões rápidas, e a execução imediata de uma ordem de compra ou venda pode ser a diferença entre ganhar ou perder muito dinheiro.

Plataforma zero quilômetro

Por isso, o objetivo da Vitreo é oferecer um home broker à prova de quedas. Para tanto, a gestora conta com alguns trunfos. O primeiro é que todo o desenvolvimento começou do zero, tendo a AWS e a Nelogica como fornecedoras.

Patrick O'Grady, presidente da Vitreo
Porto seguro: estar 100% disponível é a meta do home broker, diz O’Grady (Imagem: Divulgação/ Vitreo)

Everson Ramos, também sócio fundador da Vitreo e responsável pelas áreas de tecnologia e operações, explica que a vantagem é não sofrer com as limitações de sistemas legados, isto é, já existentes. Isso ocorre, por exemplo, quando uma corretora compra a rival e herda sua infraestrutura de TI e seu home broker, com todos os vícios e limitações.

Exclusivo: Veja as imagens do novo home broker da Vitreo

O segundo trunfo é que a plataforma da Vitreo será praticamente 100% alocada na nuvem e contará com 100% de redundância. A infraestrutura é autoescalável e flexível, permitindo expandir a capacidade de atendimento, sempre que estiver próxima do limite, ou ampliá-la temporariamente, em dias de grande volatilidade e volume de negócios.

Ramos, que já liderou a área de tecnologia da Rico, explica que nenhum home broker é 100% alocado na nuvem, por exigências da B3. Mas a Vitreo buscou colocar “99% da infraestrutura na nuvem”, diz. A redundância será garantida por dois data centers de primeira linha, fornecidos pela Equinix e cercados por um anel de fibra óptica.

Sem taxa de corretagem

Everson Ramos, sócio da Vitreo
Rapidez: infraestrutura na nuvem permite que home broker se adapte à oscilação da demanda, diz Ramos (Imagem: Divulgação/ Vitreo)

Além da forte infraestrutura, o home broker da Vitreo também chegará ao mercado com taxa de corretagem zero para investidores pessoa física que utilizem a boleta simplificada desenvolvida pela gestora.

Essa versão será oferecida, também, para os assinantes dos relatórios da Empiricus Research, que se tornou parte do mesmo grupo da Vitreo, quando os fundadores da gestora e os da casa de análises decidiram se associar e criar a Universa, holding que agora as controla.

Uma versão mais parruda do home broker, para investidores mais sofisticados, será gratuita por três meses. Após esse período de degustação, os clientes pagarão uma taxa de R$ 3,99 por transação.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Márcio Juliboni - 20/11/2020 - 16:54