Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Hospitais britânicos enviam alerta sobre lenta vacinação na União Europeia

12/01/2021 - 11:33
Mas a rapidez com que a nova cepa aumentou casos e mortes no Reino Unido e pressionou o Serviço Nacional de Saúde (NHS, na sigla em inglês) levou a restrições de mobilidade mais rigorosas (Imagem: REUTERS/Toby Melville)

Hospitais do Reino Unido, lotados com pacientes com Covid-19 mesmo quando o país corre para vacinar 200 mil pessoas por dia, trazem um alerta para o resto da Europa.

Embora o Reino Unido esteja muito à frente na distribuição da vacina – tendo inoculado quase tantas pessoas quanto o resto da Europa combinado -, seus hospitais estão perto do limite devido ao aumento do número de casos da nova cepa mais contagiosa do coronavírus.

No continente, entretanto, autoridades de saúde estão preocupadas que a mutação se propague fora do Reino Unido em ritmo mais rápido do que as lentas vacinações.

“É uma variante que muda completamente o jogo neste início de ano”, disse Arnaud Fontanet, epidemiologista que faz parte do conselho científico que assessora o governo francês sobre a Covid, em entrevista à rádio RMC na segunda-feira. “É quase uma nova epidemia dentro da epidemia.”

Embora a nova cepa tenha sido detectada em cerca de 31 países além do Reino Unido, incluindo Alemanha e França, a extensão da propagação no continente permanece incerta.

Mas a rapidez com que a nova cepa aumentou casos e mortes no Reino Unido e pressionou o Serviço Nacional de Saúde (NHS, na sigla em inglês) levou a restrições de mobilidade mais rigorosas.

“É nossa maior preocupação que os números não explodam, que os hospitais não entrem em colapso e que tenhamos as taxas de infecção sob controle”, disse na segunda-feira Annalena Baerbock, membro do parlamento alemão e copresidente do Partido Verde da oposição, ao defender regras mais rígidas.

Na terça-feira, a chanceler Angela Merkel alertou que a Alemanha pode enfrentar medidas rigorosas até o final de março se as autoridades não conseguirem controlar a variante do vírus que se espalha rapidamente.

No Reino Unido, o primeiro-ministro Boris Johnson aposta na rapidez das campanhas de vacinação, mesmo quando alertou sobre apertar as regras de lockdown.

Mais de 2,2 milhões de pessoas no Reino Unido receberam a primeira injeção de uma vacina. São mais de quatro doses por 100 pessoas, o que é mais de cinco vezes a taxa na Alemanha e quase 20 vezes a taxa na França.

Na terça-feira, a chanceler Angela Merkel alertou que a Alemanha pode enfrentar medidas rigorosas até o final de março se as autoridades não conseguirem controlar a variante do vírus que se espalha rapidamente (Imagem: Ludovic Marin/Pool via REUTERS)

O Reino Unido se comprometeu a vacinar 15 milhões de pessoas até meados de fevereiro para proteger residentes mais vulneráveis da nova variante.

Mesmo essa estratégia não tem garantia de sucesso, pois o NHS já sente a pressão, as infecções diárias atingiram níveis recordes nos últimos dias e o número de mortes é o mais alto na Europa.

Enquanto isso, grande parte do resto da região está muito atrasada nas vacinações, com problemas logísticos ou de abastecimento e, em alguns casos, ceticismo em relação à vacina.

Reino Unido, vacinas
O Reino Unido se comprometeu a vacinar 15 milhões de pessoas até meados de fevereiro para proteger residentes mais vulneráveis da nova variante (Imagem: REUTERS/Russell Cheyne/Pool)

Isso levanta questões adicionais sobre o nível de preparo para a nova cepa caso esta atinja o continente em grande escala. Essa preocupação é agravada pelo aumento do número de hospitalizações.

Na Espanha, o número de pacientes com Covid em UTIs aumentou 24% desde 31 de dezembro. As UTIs italianas também atendem mais pacientes com Covid, após queda no final do mês passado.

Na Alemanha, os leitos de terapia intensiva nunca ficaram vazios e, embora as internações em hospitais tenham caído 8% em relação ao pico no início do ano, autoridades temem que a nova variante possa sobrecarregar as enfermarias rapidamente.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Rafael Borges - 12/01/2021 - 11:33