Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Ibovespa fecha em alta e beira 109 mil pontos com ajuda de Vale

02/12/2019 - 18:54
Mercados Ibovespa
O Ibovespa subiu 0,64%, a 108.927,83 pontos (Imagem: REUTERS/Amanda Perobelli)

A bolsa paulista fechou com o Ibovespa em alta nesta segunda-feira, abrindo dezembro acima dos 109 mil pontos, com Vale (VALE3)entre os principais suportes após a mineradora divulgar estimativas de produção e investimentos para 2020.

Índice de referência da bolsa brasileiro, o Ibovespa subiu 0,64%, a 108.927,83 pontos. Na máxima, chegou a 109.278,67 pontos – o recorde intradia é de 109.671,91 pontos. O giro financeiro da sessão alcançou 16,9 bilhões de reais.

O mês começou com perspectivas relativamente positivas de estrategistas de renda variável em suas carteiras recomendadas para dezembro, em que destacaram principalmente sinais melhores sobre o ritmo da economia.

Ainda assim, citaram que o cenário externo permanece no foco, em particular as disputas comercias envolvendo os Estados Unidos, que nesta segunda-feira voltaram o foco ao Brasil, ameaçando restaurar tarifas sobre aço e alumínio do país.

Em Wall Street prevaleceram receios com a questão comercial, além de dados mais fracos sobre a atividade industrial norte-americana. O S&P 500 caiu 0,86%.

Na China, entretanto, o noticiário incluiu números melhores do que o esperado sobre a atividade industrial na China, com o PMI do Caixin/Markit subindo a 51,8 em novembro, a expansão mais rápida desde dezembro de 2016.

De volta ao Brasil, o começo da semana também trouxe a primeira prévia do Ibovespa que vai vigorar nos primeiros quatro meses de 2020, com a entrada de Carrefour Brasil ON, Hapvida ON e Sul America Unit.

A equipe da XP Investimentos comandada por Karel Luketic afirmou que segue otimista com o Brasil e especialmente com a bolsa, mesmo observando que o Ibovespa negocia com múltiplo próximo ao patamar histórico.

“Acreditamos que há espaço para revisão de projeções de lucros das empresas em um ambiente de juros mais baixos e atividade acelerando”, afirmou em relatório, reiterando projeção de 140 mil pontos para o Ibovespa ao final de 2020.

Destaques

Vale (VALE3) ganhou 2,72%, em dia de alta dos preços do minério de ferro na China, acompanhando movimento de pares na Europa. A companhia também estimou produzir de 340 milhões a 355 milhões de toneladas de minério de ferro 2020, bem como divulgou projeção de investimento de 5 bilhões de dólares no próximo ano, entre outros números.

Notre Dame Intermédica (GNDI3) teve alta de 4,4%, após a companhia ter anunciado na sexta-feira que seu conselho de administração aprovou oferta de até 87,75 milhões de ações com esforços restritos de colocação. A precificação está prevista para 11 de dezembro.

Via Varejo (VVAR3) subiu 4,1% e B2W (BTOW3) ganhou 4,37%, após a Black Friday. A Via Varejo afirmou que registrou volumes de vendas “substancialmente superiores” na edição deste ano em relação a 2018. No setor, Magazine Luiza (MGLU3) cedeu 0,24%. O Índice Cielo de Varejo Ampliado (ICVA) mostrou alta nominal de 18,1% no faturamento do varejo brasileiro na campanha.

Itau Unibanco (ITUB4) valorizou-se 1,44%, melhor desempenho entre os bancos do Ibovespa, tendo de pano de fundo oferta de ações da XP nos EUA, na qual detém participação, que avalia a XP em até 13,8 bilhões de dólares. No setor, Bradesco (BBDC4) subiu 0,66%, Santander (SANB11) avançou 0,86%, enquanto Banco do Brasil (BBAS3) recuou 0,79% e BTG Pactual (BPAC11) caiu 2,31%.

Petrobras (PETR4) encerrou com variação negativa de 0,27% e Petrobras (PETR3) cedeu 0,13%, perdendo fôlego no final, apesar da alta dos preços do petróleo no mercado externo.

CSN (CSNA3) avançou 5,73%, Gerdau (GGBR4) ganhou 2,65% e Usiminas (USIM5) valorizou-se 2%, apesar dos comentários do presidente dos EUA, Donald Trump, de que retomará tarifas sobre importações de metais do Brasil e da Argentina. “O aço brasileiro tem uma longa história de barreiras comerciais com os EUA e volumes para o país provenientes das três principais empresas listadas – Usiminas, Gerdau e CSN – já eram muito pequenas e, a nosso ver, não são significativos”, escreveu o JPMorgan a clientes.

Qualicorp (QUAL3) caiu 2,72%, após fechar na última sexta-feira na máxima histórica, a 36,80 reais. Mais cedo, o papel chegou a subir a 37,21 reais, recorde intradia.

YDUQS (YDUQ3) recuou 2,15%, no segundo pregão seguido de queda, após acumular valorização de 12% na semana passada. A rival COGNA (COGN3) fechou em alta de 1,85%.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Leia mais sobre: , , ,

Última atualização por Bruno Andrade - 02/12/2019 - 18:54

Cotações Crypto
Pela Web