Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Ibovespa futuro abre com ligeira queda em semana com Copom e Fomc

09/12/2019 - 9:58
Mercados Ações Ibovespa
Ibovespa em queda nessa segunda-feira (Imagem: REUTERS/Amanda Perobelli)

Por Investing.com

O índice Ibovespa Futuros inicia a segunda semana com queda de 0,17% aos 111.255 pontos com o dólar comercial avançando 0,10% a R$ 4,1452. A semana deve ser movimentada com as reuniões dos bancos centrais no Brasil e nos Estados Unidos, com ambos divulgado seus resultados na quarta-feira.

Há também importantes indicadores, como de atividade do varejo e do setor de serviços no cenário local, e índices de inflação nos EUA.

Investidores seguem atentos a novas informações sobre as negociações comerciais entre EUA e China, com a aproximação da elevação de tarifas de US$ 156 bilhões em mercadorias chinesas pelos EUA na semana que vem.

Cenário Local

Popularidade de Bolsonaro

A ligeira expansão da economia freou a tendência de queda de popularidade do governo de Jair Bolsonaro ao longo de 2019, apontou pesquisa divulgada pelo Datafolha neste fim de semana.

Jair Bolsonaro
Segundo Datafolha a aprovação do governo oscilou dentro da margem de erro de 2 pontos percentuais  (Imagem: REUTERS/Adriano Machado)

O levantamento indicou que a aprovação do governo oscilou dentro da margem de erro de 2 pontos percentuais, mas as variações foram favoráveis ao governo. Os que classificam a administração como “ótima” ou “boa” passaram de 29%, em agosto, para 30% em dezembro.

A desaprovação ao governo também oscilou dentro da margem de erro. Os que consideram o governo “ruim” ou “péssimo” passam agora a 36%, ante 38%, na pesquisa anterior.

Crescimento

Depois da mais brutal recessão de sua história recente e uma das mais lentas recuperações, a economia brasileira ainda vai crescer abaixo de seus pares emergentes nos próximos anos, com risco de um desempenho ainda mais tímido caso o país se limite às reformas econômicas já aprovadas.

Para analistas, as reformas em curso são importantes, mas insuficientes para sozinhas gerar maior potencial de crescimento. Se quiser aumentar o PIB potencial —afetado também por questões demográficas—, o país precisa dar um salto em condições de negócio, produtividade e qualidade da educação, além de desfazer o emaranhado de leis para regulação tributária e flexibilizar mais as regras trabalhistas.

Pelas projeções do Fundo Monetário Internacional (FMI), o Brasil cresceria, em média, 2,3% ao ano entre 2021 e 2024. No mesmo período, os emergentes como um todo avançariam 4,8% ao ano.

Cenário Internacional

China

As exportações da China recuaram, em novembro, pelo quarto mês consecutivo, sublinhando a pressão persistente da guerra comercial com os EUA, mas o crescimento em importações pode ser um sinal que os passos de estímulo de Pequim estão ajudando a alimentar a demanda.

China Eua
As exportações da China recuaram, em novembro, pelo quarto mês consecutivo, sublinhando a pressão persistente da guerra comercial com os EUA, (Imagem: REUTERS/Yuri Gripas)

A longa disputa comercial que já dura 17 meses aumentou os riscos de uma recessão global e levou a especulações que os políticos chineses poderão liberar mais estímulos em resposta ao crescimento da segunda maior economia do mundo ter caído para os níveis mais baixos em quase 30 anos.

O envio de bens para o exterior caiu 1,1% no último mês em relação ao ano anterior, segundo dados divulgados no domingo, em comparação com a expansão de 1% prevista por analistas consultados pela Reuters, e uma queda de 0,9% em outubro.

As importações inesperadamente subiram 0,3% em relação ao ano anterior, marcando o primeiro crescimento de um ano para o outro desde abril e melhor que a queda de 1,8% projetada por economistas.

França

A França está pronta para ir à Organização Mundial do Comércio (OMC) para desafiar a ameaça do presidente dos EUA, Donald Trump, de tarifar champanhe e outros produtos franceses na esteira da adoção de um imposto do país europeu sobre empresas de internet, disse o ministro das Finanças na França neste domingo.

“Estamos prontos para levar isso a um tribunal internacional, principalmente à OMC, porque o imposto nacional sobre empresas digitais afeta as empresas americanas da mesma maneira que as empresas da UE ou francesas ou chinesas. Não é discriminatório”, disse o ministro das Finanças, Bruno Le Maire, ao canal France 3.

Há muito Paris reclama das empresas digitais dos EUA que não pagam impostos suficientes sobre as receitas auferidas na França.

Impeachment de Trump

Democratas na Câmara dos Deputados dos Estados Unidos se encontraram sob portas fechadas neste sábado para se preparar para o que pode ser a semana final da investigação do impeachment que coloca em perigo a presidência de Donald Trump.

Presidente dos EUA, Donald Trump
Democratas na Câmara dos Deputados dos Estados Unidos se encontraram sob portas fechadas neste sábado (Imagem: REUTERS/Tom Brenner)

Parlamentares do Comitê Judiciário da Câmara trabalham pelo final de semana para filtrar evidências contra o presidente republicano e esboçar acusações formais, chamadas de artigos de impeachment, que poderão ser recomendadas para votação no plenário da Câmara na próxima quinta-feira.

Os parlamentares publicaram um relatório de 55 páginas na manhã de sábado ressaltando o que veem como a base constitucional sobre a qual os artigos do impeachment poderão ser construídos.

EUA-China

Pequim e Washington estão tentando chegar a um acordo sobre um acordo comercial da “primeira fase” que esfriaria uma guerra comercial de 17 meses que abalou os mercados financeiros e influenciou negativamente o crescimento econômico global, mas eles continuam discutindo sobre os principais detalhes.

Falta apenas uma semana para o prazo de 15 de dezembro para os EUA imporem tarifas sobre os US$ 156 bilhões restantes em importações chinesas e os mercados financeiros foram afetados por mudanças na retórica.

O presidente dos EUA, Donald Trump, declarou na quinta-feira, num tom “otimista”, que as negociações comerciais com a China estão “avançando”, mesmo quando as autoridades chinesas reiteraram que as tarifas existentes devem cair como parte de um acordo provisório. No início da semana, porém, Trump abalou os mercados globais quando anunciou que um acordo poderia ter que esperar até depois das eleições presidenciais de 2020.

Dados de domingo mostraram que as exportações da China caíram pelo quarto mês consecutivo em novembro, mas o crescimento das importações pode ser um sinal de que as medidas de estímulo de Pequim estão ajudando a alimentar a demanda.

Agenda Americana

O principal destaque entre os indicadores americanos fica mesmo para a última reunião do Fomc do ano, com o consenso do mercado indicando manutenção da taxa básica de juros da economia dos EUA em 1,75%. Também na quarta-feira, será divulgado o resultado do índice de preços ao consumidor de novembro, com estimativa de 0,2%, depois de registrar 0,4% no levantamento anterior.

Na quinta-feira, será vez dos dados dos preços do atacado, com a expectativa do mercado para o indicador do mês passado em 0,2%, depois de registrar 0,4% no levantamento de outubro. Já os dados das vendas do varejo serão anunciados na sexta-feira, com os analistas esperando por um crescimento de 0,4%, ante os 0,3% do levantamento anterior.

Agenda Local

O dia mais agitado será na quarta-feira (11/12), quando o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulga a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), enquanto o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) definirá a nova taxa básica de juros (Selic) do país.

A expectativa é de que os dados internos confirmem o cenário de reaquecimento gradual da economia brasileira, que vem sendo balizado por uma recuperação do consumo e serviços, diante de um cenário de juros e inflação mais baixos, retomada do crédito para a pessoa física e avanço da massa salarial.

Em relação à PMC, a mediana das expectativas de mercado aponta aumento de 0,7% no comércio varejista em outubro, em relação a setembro. No caso do indicador do setor de serviços, que será divulgado pelo IBGE na quinta-feira, o consenso também é de 0,7%, contra o resultado de 1,2% anterior no mesmo intervalo.

Bolsas Internacionais

Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,33%, a 23.430 pontos. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,01%, a 26.494 pontos. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,08%, a 2.914 pontos. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,18%, a 3.895 pontos.

A segunda-feira dá sinais de um dia levemente negativo para os mercados de ações da Europa, com o DAX, de Frankfurt, caindo 0,11% aos 13.151 pontos, enquanto que em Londres, o FTSE cede 0,06% aos 7.235 pontos. Já em Paris, o CAC perde 0,37% aos 5.850 pontos.

Commodities

A jornada que abriu a segunda semana de dezembro foi marcada por uma forte valorização para os contratos futuros do minério de ferro, que são negociados na bolsa de mercadorias de Dalian, na China. O ativo com o maior volume de negócios, com data de vencimento para maio do próximo ano, encerrou com ganhos de 5,58% a 653,00 iuanes por tonelada, o que representa ganhos de 34,50 iuanes em relação ao último valor de liquidação, que foi de 618,50 iuanes/t.

Minério de Ferro Commodities
Minério de ferro em alta nesta segunda-feira na bolsa de Dalian (Imagem: Reuters/Muyu Xu)

No mesmo sentido a sessão também foi de grande avanço para os preços dos papéis futuros do vergalhão de aço, que são transacionados na bolsa de mercadorias da também chinesa cidade de Xangai. O contrato de maior liquidez, para maio de 2020, somou 94 iuanes para 3.511 iuanes por tonelada, enquanto que o segundo em volume, de janeiro, subiu 69 iuanes para 3.668 iuanes por tonelada.

Por outro lado, a semana começa com importante queda para o petróleo nas principais praças de negociação. O barril do tipo Brent, de Londres, cede 0,98%, ou US$ 0,63, a US$ 63,76, enquanto em Nova York, o WTI tem queda de 1,08%, ou US$ 0,64, a US$ 58,56.

Mercado Corporativo

Marfrig 

A Marfrig Global Foods SA (MRFG3) lançará na segunda-feira uma marca global de produtos de carne à base de proteína vegetal, segundo um comunicado enviado à Reuters neste domingo.

Marfrig
Marfrig lançara um produto de carne à base de proteína vegetal (Imagem: Divulgação/Marfrig)

Um hambúrguer gourmet servido em restaurantes brasileiros será o primeiro produto da marca Revolution, disse o comunicado. Ano que vem, hambúrgueres vegetarianos serão exportados e vendidos em supermercados locais, disse a empresa.

Empresas de processamento de alimentos estão aumentando as apostas em alternativas sem carne em resposta aos novos hábitos dos consumidores. A tendência tem levado ao crescimento de Start-ups sem carne como Beyond Meat (BYND) Inc e Impossible Foods Inc nos Estados Unidos.

Bunge

Uma juíza da primeira vara de falências de Curitiba adiou o leilão de duas processadoras de soja no Paraná, depois que a comerciante de grãos norte-americana Bunge alegou que o vendedor forneceu informações insuficientes sobre os ativos, de acordo com documentos vistos pela Reuters na sexta-feira.

Bunge Agricultura EUA Empresas
A juíza da primeira vara de falências de Curitiba adiou o leilão de duas processadoras de soja no Paraná  (Imagem: Facebook da Bunge)

O leilão dos ativos das duas unidades do grupo Imcopa, que estava previsto para 4 de dezembro e faz parte do plano de recuperação judicial do vendedor, foi remarcado para 17 de fevereiro.

A Imcopa e o administrador judicial concordaram com o cancelamento do leilão das unidades, que ficam no Paraná e são consideradas estratégicas. No estado, é processado 19% do volume de oleaginosas do País, de acordo com dados da Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove).

Mas a Bunge alegou em uma petição que encontrou informações desatualizadas ou incompletas no “data room” da Imcopa, o que dificultaria a análise dos riscos do potencial investimento.

Etanol

Os preços do etanol hidratado nas usinas de São Paulo subiram 2,48% nesta semana, superando 2 reais por litro pela primeira vez na história, segundo o indicador semanal do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea).

O indicador, que considera o combustível na usina (sem impostos) no principal Estado produtor do país, tem registrado valorizações semanais desde meados de setembro, à medida que o centro-sul caminha para o período da entressafra de cana e o consumo se mantém forte.

Desde a semana de 9 a 13 de setembro, a última vez que o indicador registrou uma queda semanal, o preço do produto na usina subiu 18,6% para 2,0097 reais por litro em média, segundo o Cepea, cuja série histórica do etanol começou em 2002.

O consumo de etanol hidratado (usado diretamente nos carros flex) registra alta de cerca de 20% neste ano no país, segundo os dados mais recentes da reguladora do setor ANP, o que tem impulsionado as usinas a produzirem volumes recordes.

Oi

A operadora de telecomunicações Oi (OIBR3) informou nesta sexta-feira que pediu à Justiça mais prazo para concluir seu processo de recuperação judicial, cujo prazo de supervisão termina em fevereiro de 2020.

Oi
Oi informou nesta sexta-feira que pediu à Justiça mais prazo para concluir seu processo de recuperação judicial (Imagem: REUTERS/Paulo Whitaker)

O requerimento apresentado à 7ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro, sustenta que a prorrogação não traz mudanças para a situação atual do grupo não tem impacto quanto ao cumprimento do plano, nem em relação a créditos nem a eventuais novos recursos que forem obtidos.

“A continuidade de supervisão judicial ao fim do período de dois anos é uma medida natural que tem sido aplicada na maior parte dos processos de recuperação judicial”, argumentou a Oi.

A empresa afirmou no fato relevante que o plano está tendo bom andamento, já tendo concluído grande parte das etapas do processo, mas que há elementos complexos a serem resolvidos.

Gol 

A forte baixa na demanda por assentos em voos internacionais ajudou a puxar uma queda na taxa de ocupação das aeronaves da Gol (GOLL4) em novembro, em movimento pressionado por menor procura por voos para Argentina e Chile, informou a companhia nesta sexta-feira.

Gol 737 700
A grande baixa na demanda por assentos em voos internacionais ajudou a puxar uma queda na taxa de ocupação das aeronaves da Gol (Imagem: REUTERS/Sergio Moraes)

A empresa aérea afirmou que sua oferta total de assentos em novembro cresceu 6,4% sobre um ano antes; enquanto a demanda aumentou 3,8%. Com isso, os passageiros preencheram 80,7% dos assentos disponíveis, queda de 2 pontos percentuais.

O movimento foi puxado pelas operações internacionais, com a taxa de ocupação das aeronaves caindo 3,3 pontos ano a ano, para 72,8%, após a demanda despencar 13,2%, enquanto a oferta caiu 9,3%. O recuo aconteceu em meio à escalada do dólar, com alta de 5,77% em novembro, e em meio à crise econômica na Argentina e onda de protestos, algumas vezes violentos, no Chile.

No mercado brasileiro, a oferta de assentos pela Gol cresceu 8,9% em novembro, no comparativo anual, ao passo que a demanda evoluiu 6,3%, fazendo a taxa de ocupação dos aviões recuar 2 pontos, a 81,7%.

JBS 

A JBS (JBSS3) negou nesta sexta-feira que seus estudos para possível listagem de ações no mercado acionário dos Estados Unidos tenham como motivação obter vantagens fiscais.

“Os estudos não estão sendo conduzidos com a finalidade de obtenção de benefícios tributários”, afirmou a companhia em comunicado.

JBS
JBS negou que seus estudos para possível listagem de ações no mercado acionário dos Estados Unidos tenham como motivação obter vantagens fiscais (Imagem: REUTERS/Ueslei Marcelino)

A maior produtora mundial de proteína animal também negou que a eventual listagem nos EUA não implicará em mudança de sede da companhia, no Brasil, mas que empresas em processos de listagem no exterior escolhem um país para constituir veículo cujas ações serão listadas, “principalmente no caso da JBS, que possui ativos operacionais distribuídos ao redor do mundo”.

A JBS ainda afirmou que em qualquer cenário, “o controle continuará sendo exercido por uma sociedade brasileira”.

As declarações vêm após o jornal Folha de S.Paulo ter publicado mais cedo que a JBS  poderia transferir sua sede para a Holanda ou para Luxemburgo para reduzir o pagamento de impostos.

Saneamento

O relator do marco regulatório do saneamento, deputado Geninho Zuliani (DEM-SP) acredita que o seu texto deve ser aprovado na próxima semana e rapidamente encaminhado para votação no Senado, de forma a garantir a sanção do presidente Jair Bolsonaro ainda neste ano.

Zuliani acrescentou que as resistências em torno do projeto já foram superadas e agora há apoio das bancadas do Norte e do Nordeste, que se posicionaram inicialmente contra alguns pontos da proposta.

“Nós temos votos para aprovar e nasceu a possibilidade de um acordo que cria uma janela, um espaço entre a sanção da lei até o fim dos contratos de programa de 30 meses”, disse ele a jornalistas em evento no BNDES.

“Com esse espaço já conseguiríamos os votos de Norte, Nordeste e bancadas de esquerda”, acrescentou o deputado.

No mesmo evento, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que conta com a aprovação do novo marco para que o país possa avançar para reduzir o déficit no saneamento, que impacta mortalidade infantil e a expectativa de vida dos brasileiros.

AES Tietê 

A elétrica AES Tietê (TIET11), da norte-americana AES, tem mantido conversas com empresas que são consumidoras intensivas de energia no Brasil para fechar contratos ou parcerias que viabilizem novos parques eólicos ou solares, disse à Reuters um executivo da companhia.

AES Tietê, da norte-americana AES, tem mantido conversas com empresas que são consumidoras intensivas de energia no Brasil para fechar contratos ou parcerias (Foto: Divulgação)

Somente em eólicas, a empresa tenta viabilizar 2 gigawatts médios nessas modalidades de negócios, enquanto no segmento solar não vê parcerias no curto prazo, afirmou à Reuters o diretor de Desenvolvimento de Novos Negócios da AES Tietê Bernardo Sacic.

Aproveitando sua expertise no setor, a AES negocia a construção de usinas voltadas a atender à demanda dos clientes, seja no chamado regime de autoprodução ou para venda da energia gerada nos empreendimentos por meio de contratos convencionais.

“Hoje temos conversas com clientes envolvendo um total de 2 gigawatts médios (em energia)… são grandes consumidores, na sua maioria eletrointensivos, indústrias de grande porte, com acesso a capital”, disse.

Agenda de Autoridades

Jair Bolsonaro

O presidente da República começa a segunda-feira participando dos cumprimentos aos Oficiais-Generais promovidos. Em seguida, se reúne com Onyx Lorenzoni, Ministro-Chefe da Casa Civil; Tereza Cristina, Ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento; e Gustavo Canuto, Ministro do Desenvolvimento Regional. Logo depois almoça com Oficiais Generais das Forças Armadas.

Na parte da tarde, tem encontros com os ministros Paulo Guedes (Economia) e Abraham Weintraub (Educação).

-Paulo Guedes

Reunião-geral de secretários do Ministério da Economia;

Almoço com os secretários especiais;

Reunião com o presidente da República, Jair Bolsonaro;

Reunião com o secretário da Receita Federal substituto, José de Assis Ferraz (semanal).

Leia mais sobre: , , ,

Última atualização por Rafael Borges - 09/12/2019 - 10:07

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto