Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Ibovespa futuro inicia sessão desta quarta-feira em leve queda

02/05/2018 - 9:41

Investing.com – Após o feriado de ontem, o índice futuro do Ibovespa inicia a jornada desta quarta-feira em leve queda, ajustando ao resultado de ontem de Wall Street e também atento à valorização da cotação do minério de ferro no mercado chinês. Com isso, o índice recua 0,11% aos 86.132 pontos.

O mercado está atento ao encontro que será realizado entre as autoridades dos Estados Unidos e China na quinta-feira, no momento em que Washington ameaça impor tarifas de até US$ 150 bilhões sobre importações chinesas e Pequim prometeu retaliar.

Os investidores também estão preocupados com a saúde da economia da China. “Apesar de um primeiro trimestre sólido, ainda vemos algumas preocupações e esperamos mais pressão de baixa sobre o crescimento nos próximos trimestre”, disse Gao Ting, chefe de estratégia do UBS Securities.

Além disso, o mercado espera pela decisão do Comitê de Mercado Aberto do Federal Reserve (Fomc), que decide nesta quarta-feira o futuro da taxa de juros nos EUA. A expectativa é que o Fed mantenha taxa de juros, mas deve encorajar as expectativas de que elevará os custos de empréstimos em junho devido à aceleração da inflação e ao desemprego baixo.

Bolsas Internacionais

Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,16%, a 22.472 pontos. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,27%, a 30.723 pontos. Em XANGAI, o índice SSEC ficou estável, a 3.082 pontos. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,19%, a 3.764 pontos.

Por volta de 8h15 no horário de Brasília, as principais bolsas europeias operavam em alta, com destaque para a alta de 1,15% aos 12.757,69 pontos para o DAX de Frankfurt. Em Paris, o CAC ganhava 0,18% aos 5.530,1,7 pontos, enquanto em Londres o FTSE tinha valorização de 0,39% aos 7.550,54 pontos.

Commodities

Depois do feriado prolongado pelo feriado do Dia do Trabalho na China, os contratos futuros do minério de ferro voltaram a ser negociados em Dalian, encerrando a jornada desta quarta-feira com valorização de 2,16%, o equivalente a 10 iuanes, a 474,0 iuanes por tonelada do produto, para os papéis com vencimento em setembro.

Já para o vergalhão de aço, o contrato de maior liquidez é com data de entrega em outubro. Nesse caso, a valorização foi de 153 iuanes para 3.727 iuanes para cada tonelada da commodity. O segundo contrato de maior volume, com vencimento agora em maio, o avanço foi de 160 iuanes para 4.098 iuanes por tonelada.

Para o petróleo, às 8h30 os contratos do barril do tipo WTI, negociado em Nova York, operavam com valorização de 0,25% a US$ 67,42, representando um ganho de US$ 0,17. Já em Londres, o Brent tem queda de 0,16%, a US$ 73,01, ou US$ 0,12.

Mercado Corporativo

A Eletrobras (SA:ELET3) assinou um memorando de entendimento para encerrar ações de investidores nos Estados Unidos que compraram American Depository Shares (ADS) da empresa, mediante o pagamento de US$ 4,75 milhões, informou a estatal em fato relevante nesta quarta-feira. O acordo precisa ser aprovado pelo Tribunal do Distrito Sul de Nova York, que garante o direito dos membros da ação coletiva de se opor e não aderir ao acordo, segundo a Eletrobras.

O Itaú Unibanco (SA:ITUB4), maior banco privado do país, informou na terça-feira que teve lucro líquido recorrente de R$ 6,419 bilhões no primeiro trimestre, alta de 2,2% em relação aos últimos três meses de 2017 e avanço de 3,9% ante igual período do ano passado.

Sem ajustes, o lucro líquido de janeiro a março foi de R$ 6,28 bilhões, alta de 7,9% sobre o trimestre imediatamente anterior e de 3,8% ante um ano antes. O retorno sobre o patrimônio líquido subiu para 22,2% no trimestre, ante 22% um ano antes e 21,9% no quatro trimestre.

A medida de gastos do banco com perdas por empréstimos de má qualidade, chamada custo de crédito, somou R$ 3,788 bilhões, queda de 11% ante o quarto trimestre e recuo de 28,3% na comparação anual. A despesa com provisão para créditos de liquidação duvidosa (calotes) caiu 23,8% na comparação anual.

Agenda de Autoridades

A agenda de Michel Temer tem início nesta quarta-feira com reunião com Eduardo Guardia, ministro de Estado da Fazenda, Esteves Colnago, ministro de Estado do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão e Ilan Goldfajn, Presidente do Banco Central do Brasil.

Mais tarde, o presidente recebe o Presidente da República do Suriname, Senhor Desiré Delano Bouterse, com quem terá conversas bilaterais e assinaturas de atos. Em seguida os dois concederão entrevista coletiva, seguida de almoço para o chefe de Estado estrangeiro.

Pela tarde, Temer conversa com o deputado Vinicius Carvalho (PRB/SP) e Bispo Domingos Siqueira, representante institucional da Igreja Universal, recebendo em seguida Eduardo Pinho Moreira, governador do Estado de Santa Catarina, Armando Hess de Souza, presidente da RenauxView e Walter Orthmann, Gerente Comercial da RenaxView.

Ao final do dia, o presidente se reúne com Rafael Chang, presidente da Toyota do Brasil, Celso Simomura, vice-presidente da Toyoya do Brasil e Ricardo Bastos, diretor de assuntos governamentais.

Já a quarta-feira do ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, além da reunião com Temer pela manhã, tem como compromissos oficiais em sua a agenda a assinatura para as chancelas das cédulas de real e reunião com o ministro da Defesa interino, General Joaquim Silva e Luna. No fim do dia, Guardia participa da reunião interministerial promovida pela Casa Civil, com Eliseu Padilha, ministro-chefe da Casa Civil, Esteves Colnago, ministro do Planejamento, e Wagner Rosário, ministro da Transparência e Controladoria-Geral da União.

Por Investing.com

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Leia mais sobre:

Última atualização por Gustavo Kahil - 02/05/2018 - 9:41

Cotações Crypto
Pela Web