Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Ibovespa futuro tem queda em dia de IPCA e dados dos EUA

07/02/2020 - 9:49
dia será marcado pela repercussão dos investidores aos números do IPCA no Brasil e dos balanços, além de dados do exterior, como o do mercado de trabalho americano

A jornada desta sexta-feira começa com perdas para o índice futuro do Ibovespa de 0,57% aos 114.600 pontos, com o dólar recuando 0,07% a R$ 4,2793. O dia será marcado pela repercussão dos investidores aos números do IPCA no Brasil e dos balanços, além de dados do exterior, como o do mercado de trabalho americano.

Cenário Interno

IPCA

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de janeiro variou 0,21%, enquanto, em dezembro, havia subido 1,15%. Foi o menor resultado para um mês de janeiro desde o início do Plano Real.

O acumulado dos últimos doze meses foi a 4,19%, abaixo dos 4,31% observados nos 12 meses imediatamente anteriores. Em janeiro de 2019, a taxa havia ficado em 0,32%. Esta é a primeira divulgação do IPCA / INPC com a nova estrutura de ponderação, atualizada a partir da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) 2017-2018.

O maior impacto no índice do mês, 0,08 ponto percentual (p.p.), veio do grupo Habitação, que também registrou a maior variação (0,55%) entre os nove grupos de produtos e serviços pesquisados.

Outros cinco grupos também apresentaram alta, com destaque para Alimentação e bebidas (0,39% de variação e 0,07 p.p. de impacto) e Transportes (0,32% de variação e 0,06 p.p. de impacto).

IGP-DI

O Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) variou 0,09% em janeiro, percentual inferior ao apurado no mês anterior, quando o índice havia sido de 1,74%. Com este resultado, o índice acumula alta de 7,72% em 12 meses. Em janeiro de 2019, o índice havia subido 0,07% e acumulava elevação de 6,56% em 12 meses.

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) caiu 0,13% em janeiro, ante alta de 2,34% em dezembro. Na análise por estágios de processamento, o grupo Bens Finais variou de 2,88% em dezembro para -1,42% em janeiro.

O principal responsável por este recuo foi o subgrupo alimentos processados que passou de 5,86% para -4,09%. O índice de Bens Finais (ex), que resulta da exclusão de alimentos in natura e combustíveis para o consumo, caiu 1,30% em janeiro, contra alta de 2,11% em dezembro.

Poupança

A caderneta de poupança sofreu um resgate líquido de 12,356 bilhões de reais em janeiro, informou o Banco Central nesta quinta-feira, na maior retirada mensal de recursos da aplicação registrada na série, que tem início em 1995.

Até então, a maior retirada líquida havia acontecido em janeiro de 2016 (12,031 bilhões de reais). Em janeiro do ano passado, houve um saque líquido de 11,232 bilhões de reais.

Cenário Externo

China

O banco central da China vai ampliar o suporte à economia para aliviar o impacto do surto de coronavírus, mas a atividade deve se recuperar quando o vírus estiver sob controle, disse um dos vice-presidentes da autoridade monetária nesta sexta-feira.

O Banco do Povo da China está observando de perto o impacto do surto na segunda maior economia do mundo, e preparando ferramentas de política monetária para compensar a pressão, disse o vice-presidente Pan Gongsheng em entrevista à imprensa.

“Em termos de política monetária, o próximo passo é fortalecer os ajustes contracíclicos, manter liquidez ampla e razoável e fornecer um ambiente monetário e financeiro sólido para a economia real”, disse Pan.

“No contexto da epidemia e pressão negativa sobre a economia, é mais importante manter o crescimento econômico.”

Dados comerciais chineses

O escritório da alfândega da China informou nesta sexta-feira que não divulgará os dados preliminares de comércio para janeiro e irá combinar os números do primeiro mês do ano e de fevereiro, em linha com a maneira como outros importantes indicadores econômicos do país são divulgados no início do ano.

A alfândega divulgou o comunicado à tarde, em resposta a perguntas sobre os dados de janeiro, que deveriam ser divulgados por volta das 11h no horário local (0h00, horário de Brasília) desta sexta-feira.

Os dados da China no início do ano são em geral distorcidos pela data em que cai o feriado do Ano Novo Lunar, em janeiro ou fevereiro.

Mas a epidemia de coronavírus este ano também resultou em paralisações de empresas que estão contaminando o comércio global.

EUA

A criação de vagas de trabalho nos Estados Unidos provavelmente acelerou em janeiro, com temperaturas amenas atípicas ampliando as contratações em setores sensíveis ao clima, o que indica que a economia provavelmente continuará crescendo moderadamente apesar da queda no investimento empresarial.

O relatório de emprego do Departamento do Trabalho a ser divulgado nesta sexta-feira, entretanto, deve mostrar que os ganhos de emprego entre abril de 2018 a março de 2019 não foram tão robustos como originalmente estimado. Qualquer redução forte durante esse período irá sugerir uma significativa desaceleração na criação de vagas este ano.

“O relatório de emprego irá sustentar as expectativas de que a expansão econômica continuará em ritmo moderado”, disse Sam Bullard, economista sênior do Wells Fargo Securities.

BOLSAS INTERNACIONAIS

Em Tóquio, o índice Nikkei recuou 0,19%, a 23.827 pontos. Em Hong Kong, o índice HANG SENG caiu 0,33%, a 27.404 pontos. Em Xangai, o índice SSEC ganhou 0,33%, a 2.875 pontos. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e SHENZHEN, teve estabilidade, a 3.899 pontos.

Na Europa, os mercados são negociados com desvalorização. Em Frankfurt, o DAX perde 0,61% aos 13.491 pontos, com o FTSE de Londres, cede 7.457 pontos. Já em Paris, em CAC recua 0,27% aos 6.022 pontos.

Commodities

A jornada desta sexta-feira foi marcada por uma leve valorização nos preços dos contratos futuros do minério de ferro, que são negociados na bolsa de mercadorias da cidade de Dalian, na China.

O ativo com o maior volume de operações, com data de vencimento para maio deste ano, somou 0,43% para 587,00 iuanes por tonelada, o que representa um avanço de 2,50 iuanes em relação ao valor de liquidação da véspera, de 584,50 iuanes/t.

No mesmo sentido, o final da semana foi positivo nas cotações futuras dos papéis do vergalhão de aço, que são transacionados na também chinesa bolsa de mercadorias de Xangai.

O contrato de maior liquidez, com entrega para maio de 2020, ganhou 30 iuanes para 3.325 iuanes por tonelada. Já o de outubro, segundo em volume, avançou 51 iuanes para 3.363 iuanes por tonelada.

No caso do petróleo, a sexta-feira é marcada por queda nos preços. Em Londres, o barril do tipo Brent recua 0,36%, ou US$ 0,20, a US$ 54,76. Já em Nova York, o WTI cede 0,51%, ou US$ 0,26,a US$ 50,70.

Mercado Corporativo

Lojas Renner

A Lojas Renner (LREN3) divulgou nesta quinta-feira crescimento de 17% no lucro líquido do quarto trimestre, apoiada em encargos tributários menores e resultados operacionais melhores que impulsionaram as margens da varejista de moda.

A companhia afirmou que o lucro líquido do trimestre foi de 513,1 milhões de reais ante 439,8 milhões no mesmo período do ano anterior.

“Ainda vemos uma lenta recuperação econômica, mas preferimos que seja lenta, porém, consistente”, disse o vice-presidente financeiro da companhia, Laurence Gomes, à Reuters, acrescentando que as condições estão cada vez mais favoráveis para a rede varejista obter resultados melhores em 2020.

Além do cenário macroeconômico, Gomes citou que a Lojas Renner avançou no processo de transformação digital e que provavelmente vai conseguir colher os benefícios da estratégia nos próximos meses, com coleções mais assertivas e eficiência maior na gestão de estoque.

No quarto trimestre, a Lojas Renner teve alta de 10,7% na receita líquida, para 2,87 bilhões de reais, e as despesas operacionais recuaram 3,6%, para 759,7 milhões.

Energia Elétrica

O consumo de energia elétrica do Brasil recuou 4,3% em janeiro na comparação com mesmo mês do ano passado, somando 64,96 gigawatts (GW) médios no período, com alguns setores industriais registrando diminuições expressivas, disse nesta quinta-feira a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

No ambiente regulado, em que os consumidores são atendidos por distribuidoras, o índice apresentou retração de 5,7%, enquanto no mercado livre, no qual empresas negociam diretamente com geradoras e comercializadoras, a queda foi de 0,5%.

Na divisão por segmentos industriais, o setor de extração de minerais metálicos foi o que apresentou maior queda no consumo, com recuo de 22,3%, seguido por madeira, papel e celulose (-6,3%) e químicos (-5,5%), disse a CCEE.

Analistas citaram um clima mais ameno em janeiro, o que impacta no consumo de energia pelos equipamentos de ar condicionado, e questões econômicas para explicar o recuo.

Malha Paulista

O ministro de Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, previu nessa quinta-feira que em março deve ser assinada a prorrogação antecipada da concessão da ferrovia Malha Paulista.

Segundo ele, os investimentos nesse segmento podem chegar a 30 bilhões de reais ao longo de cinco, seis anos.

“Em março vamos assinar o primeiro contrato de antecipação da Malha Paulista”, disse ele a jornalistas.

Além de iniciar a antecipações na prorrogação de contratos de ferrovias, o governo tenta aprovar no congresso um projeto que cria o regime de autorização para construção de malhas ferroviárias no país.

“Isso abre portas ao investidor que quer tomar o risco de engenharia, empreender e ter a propriedade da ferrovia, ter o benefício da perpetuidade, a liberdade de tarifa, etc”, disse Tarcisio. “Isso é muito Importante para quem toma risco de longo prazo e deve proporcionar novos investimentos”.

No ano passado, o governo federal fez o leilão ferroviário da malha Norte-Sul e esse ano fará os certames da Ferrogrão e da integração Oeste-Leste.

Carne de frango

As exportações de carne de frango do Brasil avançaram 14,9% em janeiro na comparação com mesmo mês do ano passado, impulsionadas por um forte aumento nas aquisições pela China, disse nesta quinta-feira a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).

Segundo a entidade, os embarques do produto (in natura e processado) totalizaram 323,8 mil toneladas no período, gerando receita de 529,1 milhões de dólares, crescimento de 16,5% em relação a janeiro de 2019.

“O mercado internacional segue pressionado, o que se reflete em preços maiores em relação ao registrado em 2019. O mix de produtos enviado para mercados com maior valor agregado, como Japão, China e União Europeia, também favorecera o desempenho mensal”, disse em nota o presidente da ABPA, Francisco Turra.

Considerando apenas os embarques para a China, principal destino das exportações brasileiras de carne de frango, a alta é de expressivos 87%, com 62,7 mil toneladas.

O país asiático tem acelerado aquisições de carnes no mercado externo desde o ano passado, diante da escassez doméstica de proteínas causada por um surto de peste suína africana, e tende a ampliar importações mesmo com a atual epidemia de coronavírus, avaliou na segunda-feira o presidente da ABPA, em entrevista à Reuters

Agenda de autoridades

Jair Bolsonaro

O presidente da República se reúne nesta manhã com o ministro Fernando Azevedo (Defesa). Em seguida, recebe a ministra Maria Cristina Peduzzi, presidente do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT).

Paulo Guedes

– Audiência com o diretor executivo do Fundo Monetário Internacional (FMI), Afonso Bevilaqua;

– Seminário FGV: Pacto Federativo;

– Audiência com o presidente da Associação Nacional de Fabricantes de Veículos Automotores (ANFAVEA), Luiz Carlos Moraes;

– Reunião com o ministro de Minas e Energia, Bento Albquerque;

– Audiência com o Chairman & CEO da MicroPower Global, Francisco Antonio Soelti

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Vitória Fernandes - 07/02/2020 - 9:49

Cotações Crypto
Pela Web