Mercados

Ibovespa ganha mais chances de buscar as máximas históricas após alta firme nesta terça (27); veja análise técnica

27 fev 2024, 19:57 - atualizado em 27 fev 2024, 19:57
ibovespa-ibov-acoes-mercados
Ibovespa quebrou a barreira dos 131.000 pontos nesta terça-feira (27) (Imagem: Divulgação/B3)

Surfando a onda dos dados da prévia de inflação no Brasil nesta terça-feira (27), o Ibovespa disparou e ultrapassou o patamar dos 131.000 pontos, fechando o pregão no maior nível desde o início do ano.

Hoje, além dos números do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15), o índice de referência na bolsa recebeu a ajuda da Vale (VALE3), que avançou mais de 2% com a recuperação dos preços do minério de ferro nos mercados internacionais.

Esses dois fatores, inclusive, fizeram com que o Ibovespa superasse o patamar de 130.600 pontos, considerado importante pelo Itaú BBA.

Em relatório de análise técnica divulgado nesta terça, a instituição avalia que, superando essa barreira, o Ibovespa tem mais chances de alçar novas altas, rumo a 132.000 pontos e máximas de dezembro, de 134.400 pontos.

Do lado da baixa, a região de 126.400 pontos é o sinal de alerta para o investidor, afirma o BBA.

“Se perder esse suporte, o índice sairá da tendência de alta e encontrará próxima importante região em 124.800 pontos”, avalia.

Editora-assistente
Formada em Jornalismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Atua como editora-assistente do Money Times há pouco mais de três anos cobrindo ações, finanças e investimentos. Antes do Money Times, era colaboradora na revista de Arquitetura, Urbanismo, Construção e Design de interiores Casa & Mercado.
Linkedin
Formada em Jornalismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Atua como editora-assistente do Money Times há pouco mais de três anos cobrindo ações, finanças e investimentos. Antes do Money Times, era colaboradora na revista de Arquitetura, Urbanismo, Construção e Design de interiores Casa & Mercado.
Linkedin