Mercados

Ibovespa (IBOV) opera de lado, com Petrobras (PETR4) ainda no foco: 5 coisas para saber antes de investir hoje (12)

12 abr 2024, 10:17 - atualizado em 12 abr 2024, 10:28
ibovespa
Ibovespa (IBOV) segue de olho em Petrobras, que passou semana nos holofotes (Imagem: REUTERS/Amanda Perobelli)

Ibovespa (IBOV) abriu o pregão desta sexta-feira (12) em leve queda, recuando 0,10%, a 127.262, por volta das 10h10. Por volta das 10h22, o índice virou para alta e tinha leve avanço de 0,03%, a 127,435 pontos.

Na véspera, o índice fechou o pregão em baixa, com as ações de Vale (VALE3) em leve alta e Petrobras (PETR3;PETR4) em queda.

  • LEIA TAMBÉM: O Money Picks analisou 30 carteiras recomendadas de diversas casas de análise e bancos para descobrir os melhores investimentos para abril; confira as top picks aqui

Falando nela, a estatal não deixa os holofotes, com a questão do comando da estatal e a decisão sobre os dividendos extraordinários pairando.



O dólar mantinha sua trajetória de alta nesta sexta, em linha com o exterior, a caminho de forte avanço semanal e operando bem acima de R$ 5,10 após dados de inflação ao consumidor dos Estados Unidos minarem apostas de que o afrouxamento monetário do Federal Reserve poderia começar neste semestre.

Day Trade:

Radar do Mercado:

5 assuntos que podem mexer com o Ibovespa nesta sexta (12)

Petrobras (PETR4) não abandona os holofotes

Petrobras (PETR3;PETR4) não deixa os holofotes, com a questão do comando da estatal e a decisão sobre os dividendos extraordinários pairando. Se soma ainda a suspensão, na quinta-feira (11), do presidente do conselho de administração, Pietro Mendes, por conflito de interesses.

A ação alega haver ilegalidade na manutenção de Mendes como conselheiro da Petrobras pela suposta não observância por uma série de fatores, inclusive ausência de elaboração de lista tríplice, não utilização de empresa especializada (headhunter) para seleção, bem como em virtude de conflito de interesse com a União ou com a própria companhia.

“Assim, defiro parcialmente o pedido de antecipação de tutela para suspender o corréu sr. Pietro Adamos Sampaio Mendes do exercício do cargo de conselheiro do Conselho de Administração da Petrobras, bem como para determinar a suspensão do pagamento da respectiva remuneração”, disse o magistrado em sua decisão.

Em comunicado, a Petrobras afirmou que buscará a reforma da decisão por meio do recurso cabível, “de forma a defender a higidez de seus procedimentos de governança interna, como tem atuado em outras ações em curso na mesma vara questionando indicações ao conselho”.

Futuro dos juros segue pesando sobre o Ibovespa

Ontem, o Ibovespa (IBOV) teve um pregão de queda, encerrando o dia a 127.396 pontos, em contraste com os ganhos observados nas bolsas de Nova York.

O analista Matheus Spiess, da Empiricus Research, avalia que este movimento reflete a contínua análise dos investidores sobre as futuras direções da política monetária do Federal Reserve e suas repercussões nos mercados globais, inclusive para o Banco Central e a Selic.

  • PETROBRAS (PETR4): Dividendos extraordinários, mudança de CEO e investigação. Saiba o que está acontecendo no Giro do Mercado de hoje:

Light (LIGT3) assina acordo preliminar com debenturistas na recuperação judicial

Light SA (LIGT3) informou aos acionistas e ao mercado que assinou um acordo preliminar com gestores representantes de fundos titulares de cerca de R$ 4,9 bilhões em debêntures.

Segundo o comunicado, o acordo visa os principais termos e condições econômicos para a repactuação da dívida e está sujeito à negociação e celebração dos documentos definitivos entre as partes, incluindo aditamento ao plano de recuperação judicial da Light.

China decepciona com números de exportações e importações

China apresentou números alfandegários fracos nesta sexta, que mostram que as exportações e importações no país recuaram significativamente.

Os embarques da China caíram 7,5% no mês passado em relação ao ano anterior, marcando a maior queda desde agosto do ano passado, em comparação com uma previsão de retração de 2,3% em pesquisa da Reuters com economistas. Eles aumentaram 7,1% no período de janeiro a fevereiro.

Os dados mais baixos do que o esperado pelo mercado são explicados principalmente pela política monetária global que segue apertada. Com os juros nos EUA mantidos no patamar mais alto por mais tempo, as autoridades chinesas terão um bom desafio pela frente para reforçar a recuperação econômica.

Já as importações caíram 1,9% de março em relação ao ano anterior, em comparação com crescimento de 3,5% nos dois primeiros meses e expectativa de aumento de 1,4%. No primeiro trimestre, as importações aumentaram 1,5% em relação ao ano anterior.

Temporada de resultados nos EUA

Os balanços dos bancos JPMorgan, Citigroup e Wells Fargo, divulgados antes da abertura do mercado nos Estados Unidos, estão no radar.

O analista da Empiricus Research, Spiess, pondera que este período de divulgação dos números de grandes instituições financeiras é crucial.

“Os investidores estão particularmente focados nas perspectivas dos executivos bancários sobre temas como empréstimos, crédito ao consumidor e demanda empresarial, em um cenário de mercado de trabalho mais robusto do que previsto e persistência de altos preços”, pondera.

“As expectativas de lucro para este trimestre são moderadas: das 112 empresas do S&P 500 que divulgaram suas projeções, 79 apresentaram previsões negativas para o lucro por ação, enquanto 33 foram positivas”, explica.

*Com informações da Reuters

Repórter
Formada em jornalismo pela Universidade Nove de Julho. Foi redatora na área de marketing digital por 2 anos e ingressou no Money Times em 2022.
Linkedin
Formada em jornalismo pela Universidade Nove de Julho. Foi redatora na área de marketing digital por 2 anos e ingressou no Money Times em 2022.
Linkedin