BusinessTimes

Ibovespa: Petrobras (PETR4) derrete 6,61% junto com petróleo; Equatorial (EQTL3) salta

23 set 2022, 12:54 - atualizado em 23 set 2022, 12:54
Ibovespa
O setor de energia vai bem no Ibovespa nesta sexta-feira (23) (Imagem: Diana Cheng/Money Times)

Confira as maiores altas e baixas do Ibovespa (IBOV) desta sexta-feira (23):

Equatorial (EQTL3) dispara 7,51% e lidera as altas da sessão. Mais cedo, a companhia anunciou a compra da Celg Distribuição por um total de R$ 1,5 bilhão.

No setor, Energias do Brasil (ENBR3) e Engie (EGIE3) também operam em ganhos de 1,17% e 0,20%, respectivamente. No lado negativo, AES Brasil (AESB3) perde 0,21% após informar que assinou um pré-contrato com o Complexo de Pecém.

No setor de saúde, Fleury (FLRY3) se valorizava em 2,50% e Hermes Pardini (PARD3) subia 1,95%, caminhando na contramão de seus pares, que recuam. Hapvida (HAPV3) perde 3%, enquanto Qualicorp (QUAL3) e Rede D’Or (RDOR3) recuam 2,94% e 2,48%, respectivamente.

As aéreas recuam. Embraer (EMBR3) é o nome a liderar as baixas, em desvalorização de 6,65%. Azul (AZUL4) segue a baixa e recua 5,95%, enquanto GOL (GOLL4) perde 5%. CVC (CVCB3) recua 2,89%.

As petroleiras seguem as perdas. Petrobras recua com PETR3 caindo 6,61% e PETR4 perdendo 6%. PRIO (PRIO3) recua 5,75%, enquanto 3R Petroleum (RRRP3) se desvaloriza em 5,74%. O movimento acontece após petróleo cair, com temor que juros altos diminuam demanda mundial.

As mineradoras operam em desvalorização. Usiminas (USIM5) recua 2,7%, seguido por  CSN Mineração (CMIN3) que perde 3,06%, enquanto CSN (CSNA3) se desvaloriza em 2,62%. Vale (VALE3) recua 2,17%. O movimento acontece após o minério de ferro cair com temores sobre demanda.

Wiz (WIZS3) recua levemente em 0,30% após informar que o Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) deu provimento a um recurso da companhia que pedia a anulação do auto de infração de 2018.

Siga o Money Times no Instagram!
Conecte-se com o mercado e tenha acesso a conteúdos exclusivos sobre as notícias que enriquecem seu dia! Sete dias por semana e nas 24 horas do dia, você terá acesso aos assuntos mais importantes e comentados do momento. E ainda melhor, um conteúdo multimídia com imagens, vídeos e muita interatividade, como: o resumo das principais notícias do dia no Minuto Money Times, o Money Times Responde, em que nossos jornalistas tiram dúvidas sobre investimentos e tendências do mercado, lives e muito mais…Clique aqui e siga agora nosso perfil!

Repórter
Graduanda em jornalismo pela Universidade Estácio de Sá. Tem experiência cobrindo mercados, ações, investimentos, finanças, negócios, empreendedorismo, franquias, cultura e entretenimento. Ingressou no Money Times em 2021.
Linkedin
Graduanda em jornalismo pela Universidade Estácio de Sá. Tem experiência cobrindo mercados, ações, investimentos, finanças, negócios, empreendedorismo, franquias, cultura e entretenimento. Ingressou no Money Times em 2021.
Linkedin