ImóvelTimes

Ifix acumula perdas na semana e se prepara para decisão do Copom nesta quarta-feira (19)

19 jun 2024, 10:15 - atualizado em 19 jun 2024, 10:15
fundos-imobiliarios-fiis
No mês de junho, o desempenho é negativo e acumula uma perda de 2,39%. (Foto: Flávya Pereira/Money Times)

Índice de Fundos de Investimentos Imobiliários (IFIX) teve mais um dia de queda nesta semana. No fechamento do dia anterior (18), o IFIX caiu 0,14%, cotado aos 3.301,41 pontos.

No mês de junho, o desempenho é negativo e acumula uma perda de 2,39%. No ano, o saldo já está negativo em 0,30%.

O mercado brasileiro está se preparando hoje para receber a decisão da taxa de juros após a reunião do Comitê de Política Monetária (Copom).

Na avaliação dos analistas, o BC pode manter os juros inalterados pela primeira vez após sete cortes consecutivos, em 10,50%. Para o time de macroeconomia do Itaú BBA, a projeção é de 10,50%, ao final de 2024 e 2025.

Vale lembrar que um dos grandes fatores de influência desse mercado é a abertura da curva de juros — que pode ser motivada por diversos fatores, principalmente, pela política monetária — que eleva a rentabilidade dos títulos públicos.

Nos últimos dias as taxas do Tesouro chegaram a bater as suas máximas, com lucros de mais de 12% entre os prefixados e IPCA + 6,5%. Com estes prêmios, os investidores são desestimulados ao risco, o que colabora com a desvalorização das cotas.

As maiores altas e baixas desta terça-feira (18)

Entre os destaques positivos do dia estava o Hedge Top FOFII 3 (HFOF11), que avançava 2,03%, valendo R$ 71,81. Na sequência, apareciam os fundos Maua Capital Recebíveis Imobiliários (MCCI11), com alta de 1,82%, a R$ 89,29, e o Kinea FII (KFOF11), com valorização de 1,44%, a R$ 88,77.

Fundo Ticker Variação (positiva) R$
Hedge Top FOFII 3 HFOF11 2,08% 71,81
Maua Capital Recebíveis Imobiliários MCCI11 1,82% 89,29
Kinea FII KFOF11 1,44% 88,77
Kinea Oportunidades Real Estate KORE11 1,10% 104,69
Bresco Logística BRCO11 0,89% 110,98

Na ponta negativa, estava o Santander Renda de Aluguéis (SARE11), que recuava 2,72%, a R$ 44,02. Versalhes Recebíveis Imobiliários (VSLH11) caia 1,85%, cotado a R$ 3,18, enquanto BTG Pactual Terras Agrícolas (BTRA11) desvalorizava 1,80%, a R$ 54,50.

Fundo Ticker Variação (negativa) R$
Santander Renda de Aluguéis SARE11 2,72% 44,02
Versalhes Recebíveis Imobiliários VSLH11 1,85% 3,18
BTG Pactual Terras Agrícolas BTRA11 1,80% 54,50
JS Ativos Financeiros JSAF11 1,79% 94,15
HSI Mall HSML11 1,58% 92,80

Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, atua há 3 anos na redação e produção de conteúdos digitais no mercado financeiro. Anteriormente, trabalhou com produção audiovisual, o que a faz querer juntar suas experiências por onde for.
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, atua há 3 anos na redação e produção de conteúdos digitais no mercado financeiro. Anteriormente, trabalhou com produção audiovisual, o que a faz querer juntar suas experiências por onde for.
Giro da Semana

Receba as principais notícias e recomendações de investimento diretamente no seu e-mail. Tudo 100% gratuito. Inscreva-se no botão abaixo:

*Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.