Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

IHS Markit reduz projeção para soja 20/21 do Brasil a 132,5 mi t, com viés de baixa

03/12/2020 - 19:14
Agronegócio Agricultura Cana-de-Açúcar Etanol
Existe, sim, a chance de novo corte. Não é mais uma chance remota (Imagem: Reuters/Paulo Whitaker)

A produção brasileira de soja deve atingir 132,5 milhões de toneladas na safra 2020/21, estimou a consultoria IHS Markit, com uma redução de 1 milhão de toneladas em relação à expectativa anterior e admitindo ainda a possibilidade de novos cortes decorrentes da seca.

A área de plantio também foi revisada para baixo, em 300 mil hectares, para 38,5 milhões de hectares, após registros de desistências de produtores da oleaginosa que migraram para culturas de segunda safra, como o algodão e o milho.

“Em Mato Grosso, regiões como Sapezal, teve um pessoal que plantou ‘no pó’ a chuva não veio… Houve casos de replantio e desistência, com produtores indo direto para o algodão que será plantado agora em dezembro”, disse o analista da IHS Aedson Pereira.

Segundo ele, episódios semelhantes foram vistos no Paraná, mas com o agricultor migrando para o milho, cuja rentabilidade está em patamares muito elevados.

“Rio Grande do Sul, São Paulo, Mato Grosso do Sul e Goiás também sofreram com a falta de água”, acrescentou.

Pereira ainda considerou provável a possibilidade de novos cortes na estimativa de produção de soja da consultoria, porque a seca também deixou perdas no potencial produtivo da cultura.

“Existe, sim, a chance de novo corte. Não é mais uma chance remota… ainda não podemos falar em quebra, mas o potencial produtivo será afetado certamente.”

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por André Luiz - 03/12/2020 - 19:14

Cotações Crypto
Pela Web