Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Imóveis comerciais têm queda de 2,72% em 12 meses, mostra FipeZap

23/10/2019 - 9:18
A variação foi menor que a inflação medida pelo IPCA do IBGE (Money Times)

Por Arena do Pavini

O preço médio de venda de imóveis comerciais encerrou setembro de 2019 com queda de 0,31%, enquanto a locação de salas e conjuntos comerciais encerrou o período com estabilidade (-0,01%) em relação a agosto, segundo o Índice FipeZap Comercial.

A variação foi menor que a inflação medida pelo IPCA do IBGE, que registrou variação de 0,4% no último mês, enquanto o IGP-M/FGV permaneceu praticamente estável (-0,01%) no mesmo período.

Entre as cidades monitoradas pelo índice, Brasília e Campinas foram as únicas a registrar elevação no preço médio de venda comercial em setembro (+0,21% e +0,13%), enquanto Salvador, Curitiba e São Paulo apresentaram elevação no preço médio de locação no mesmo período (+1,78%,+0,21% e +0,13%) .

Nos últimos 12 meses, o preço médio de venda de imóveis comerciais acumula queda nominal de 2,72%, enquanto o preço médio de locação comercial avança 0,97%. A inflação acumulada nos últimos 12 meses é de 2,89%, segundo o IPCA (IBGE), e de 3,37%, de acordo com o IGP-M (FGV).

O resultado negativo do preço médio de venda é influenciado pela queda nominal observada em todas as cidades monitoradas (entre as quais: Curitiba, com queda de 6,12%; Florianópolis, com recuo de 5,28%, e Niterói, com variação de -5,10%), contrastando com o preço de locação, que registrou alta nominal em 6 das cidades acompanhadas pelo Índice FipeZap: Salvador (+8,50%), Campinas (+4,68%), Curitiba (+4,35%), Florianópolis (+2,19%), São Paulo (+2,06%) e Porto Alegre (+0,41%).

Já o preço médio de locação comercial: em setembro de 2019, foi de R$ 8.775/m2, no caso de salas e conjuntos colocados à venda, e de R$ 37,81/m2, no caso de imóveis destinados para aluguel.

Entre as cidades monitoradas, Rio de Janeiro se manteve como aquela com o preço médio de venda de imóveis comerciais mais elevado em setembro (R$ 10.046/m2), enquanto São Paulo se destacou pelo maior valor médio para locação de salas e conjuntos comerciais no mesmo período (R$ 45,21/m2).

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

A partir da razão entre o preço médio de locação e o preço médio de venda dos imóveis comerciais, é possível obter uma medida da rentabilidade para o investidor que opta por investir no imóvel com a finalidade de obter renda com aluguel, diz a FipeZap.

O indicador pode ser utilizado para avaliar a atratividade de salas e conjuntos comerciais em relação a outras opções de investimento disponíveis (incluindo investimento em imóveis residenciais).

Praticamente estável no ano, o retorno médio do aluguel comercial (anualizado) foi estimado em 5,34% em setembro de 2019, superando a rentabilidade do aluguel de imóveis residenciais no mesmo período (4,64% a. a.), bem como o retorno médio real de aplicações financeiras de referência.

Última atualização por Rafael Borges - 23/10/2019 - 9:20