Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Importação de algodão pela Índia não deve ser afetada por nova tarifa, diz CAI

03/02/2021 - 15:41
Algodão
O país deve produzir 36 milhões de fardos na atual temporada, ante demanda local de 33 milhões de fardos, mas a oferta de algodão de fibra extralonga é muito pequena, disse a CAI (Imagem: REUTERS/Amit Dave)

A imposição pela Índia de uma tarifa de 10% sobre as importações de algodão não deverá prejudicar as compras, disse à Reuters o presidente da Associação Indiana de Algodão (CAI, na sigla em inglês).

A tarifa de importação de 10% imposta pela maior produtora de algodão do mundo foi anunciada pelo ministro das Finanças, Nirmala Sitharaman, em discurso ao Parlamento, na segunda-feira, sobre o orçamento indiano.

“Não haverá qualquer impacto nas importações. A indústria têxtil precisa de algodão de fibra extralonga”, disse o presidente da CAI, Atul Ganatra, acrescentando que esse tipo de algodão tem oferta reduzida no mercado doméstico.

A indústria têxtil indiana já importou 600 mil fardos de algodão no ano comercial de 2020/21, que começou em 1º de outubro, e deve adquirir mais 800 mil fardos de fora do país no restante da temporada, afirmou Ganatra.

O país deve produzir 36 milhões de fardos na atual temporada, ante demanda local de 33 milhões de fardos, mas a oferta de algodão de fibra extralonga é muito pequena, disse a CAI.

A Índia importa algodão de fibra extralonga especialmente do Egito e Estados Unidos. Já o excedente doméstico da fibra é exportado para Vietnã, Bangladesh e China.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Rafael Borges - 03/02/2021 - 15:41