Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Índia pede a empresas de mídia social que removam referências à “variante indiana” do coronavírus

21/05/2021 - 16:28
Vacinas Índia
A Índia tem a segunda maior contagem de casos de Covid-19 no mundo e tem relatado cerca de 250.000 infecções (Imagem: REUTERS/Francis Mascarenhas)

O Ministério de Tecnologia da Informação (TI) da Índia pediu a todas as empresas de mídia social que removessem qualquer conteúdo que se referisse a uma “variante indiana” do coronavírus, de acordo com uma carta publicada nesta sexta-feira, vista pela Reuters.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) disse em 11 de maio que a variante B.1.617 do coronavírus, identificada pela primeira vez na Índia no ano passado, estava sendo classificada como uma variante de preocupação global.

O governo indiano um dia depois emitiu um comunicado dizendo que os relatos da mídia usando o termo “variante indiana” não tinham qualquer base, dizendo que a OMS havia classificado a variante apenas como B.1.617.

Em uma carta às empresas de mídia social nesta sexta-feira, o ministério de TI pediu às empresas que “removessem todo o conteúdo” que nomeia ou insinua “variante indiana” do coronavírus.

“Isso é completamente FALSO”. Não existe tal variante da Covid-19 cientificamente citada como tal pela Organização Mundial da Saúde (OMS). A OMS não associou o termo “variante indiana” à variante B.1.617 do coronavírus em nenhum dos seus relatórios”, declarou a carta, que não é pública.

Uma fonte importante do governo indiano disse à Reuters que o aviso foi emitido para enviar uma mensagem “alta e clara” de que tais menções à “variante indiana” espalham mal-entendidos e prejudicam a imagem do país.

Não foi possível contatar o ministério de TI para comentar.

Em todo o mundo, as variantes do coronavírus têm sido genericamente referidas por médicos e especialistas da saúde com base no local onde são identificadas. Isso inclui as variantes da África do Sul e do Brasil.

Um executivo de mídia social disse que será difícil retirar todo o conteúdo usando a palavra, já que há centenas de milhares de publicações desse tipo, acrescentando que “tal movimento levaria a uma censura baseada em palavras-chave daqui para frente”.

O governo indiano está enfrentando críticas crescentes sobre seu enfrentamento da pandemia, com o primeiro-ministro Modi e as autoridades estaduais sendo acusados de não se planejarem adequadamente para a segunda onda de infecções por coronavírus.

A Índia tem a segunda maior contagem de casos de Covid-19 no mundo e tem relatado cerca de 250.000 infecções e 4.000 mortes por dia.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por André Luiz - 21/05/2021 - 16:28

Cotações Crypto
Pela Web