Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Intel: recuperação da demanda será essencial para a perspectiva da ação

23/01/2020 - 21:59
Depois do poderoso rali que as ações das fabricantes de chips de computadores registraram neste ano, as empresas do setor têm pouco espaço para errar (Imagem: Pixabay)

A drástica virada das ações de fabricantes de processadores (chips) neste ano enfrentará seu primeiro grande teste hoje, quando a Intel Corporation (INTC), líder do setor, divulgar seus resultados para o quarto trimestre, após o fechamento do mercado.

Depois do poderoso rali que as ações das fabricantes de chips de computadores registraram neste ano, as empresas do setor têm pouco espaço para errar.

Os investidores mantiveram o otimismo com a indústria, que sofreu uma forte queda em 2018, por causa da escalada da guerra comercial entre EUA e China.

O Índice de Semicondutores da Filadélfia – que, além da Intel , inclui algumas das maiores fabricantes de processadores do mundo, como a NVIDIA Corporation e a Advanced Micro Devices Advanced Micro Devices Inc – disparou mais de 60% no ano passado.

Os papéis da Intel subiram mais de 3% ontem, a US$ 62,73 por ação, mas até agora ficaram para trás nesse rali, valorizando-se 28% durante esse período.

O Índice de Semicondutores da Filadélfia – que, além da Intel, inclui algumas das maiores fabricantes de processadores do mundo, como a NVIDIA Corporation e a Advanced Micro Devices– disparou mais de 60% no ano passado.

Os papéis da Intel subiram mais de 3% ontem, a US$ 62,73 por ação, mas até agora ficaram para trás nesse rali, valorizando-se 28% durante esse período.

Intel gráfico semanal
Intel gráfico semanal
De acordo com as previsões consensuais dos analistas, o terceiro trimestre provavelmente marcou o fundo do ciclo de baixa dessa indústria. O crescimento, portanto, deve continuar acelerando. No terceiro trimestre de 2020, a expectativa é que os resultados das empresas de semicondutores se expandam mais rápido do que os das empresas de software.

O índice registrou um novo recorde ontem, na expectativa de que os maiores fabricantes de processadores, como a Intel, não só registrarão um trimestre mais forte, como também apresentarão uma perspectiva altista para este ano. E muitos fatores corroboram essa visão.

5G e demanda de datacenters

O World Semiconductor Trade Statistics, grupo industrial que monitora o setor, prevê que o mercado de processadores se recuperará do declínio do ano passado, crescendo 6% neste ano.

Embora os conflitos comerciais e as eleições de 2020 nos EUA representem riscos, a perspectiva do mercado continua otimista, graças à implementação dos serviços de 5G e ao ciclo de investimentos de capital em datacenters.

A Intel sem dúvida está bem posicionada para aproveitar essa força. No balanço do 3º tri, a Intel elevou suas expectativas para o ano, beneficiando-se da disparada dos investimentos em datacenters por parte de algumas das maiores corporações mundiais, como Amazon.com (AMZN) e Microsoft (MSFT).

As vendas de PCs no quarto trimestre foram as melhores do setor em vários anos, de acordo com dados divulgados na semana passada pelas empresas de pesquisa de mercado IDC e Gartner (Imagem: Pixnio)

Quanto aos computadores pessoais, a situação parece estar bastante favorável para a Intel, que é a maior fornecedora de peças da indústria.

As vendas de PCs no quarto trimestre foram as melhores do setor em vários anos, de acordo com dados divulgados na semana passada pelas empresas de pesquisa de mercado IDC e Gartner.

Apesar desses fatores positivos, a Intel precisa mostrar que está avançando na superação dos seus desafios de produção e oferecendo ao mercado os mais eficientes e poderosos processadores, em grande volume. A maior ameaça competitiva da Intel neste momento vem da Taiwan Semiconductor Manufacturing, que rapidamente tem ganhado participação de mercado.

Resumo

A grande vantagem competitiva da Intel (NASDAQ:INTC) e seus enormes gastos com P&D continuam fazendo com que suas ações sejam uma boa aposta de longo prazo. Com seus lucrativos negócios de PCs intactos e um sólido dividend yield de cerca de 2%, considerando um provento anual de US$ 1,26 por ação, a Intel continua sendo uma opção atraente para se ter em uma carteira de investimento.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Renan Dantas - 23/01/2020 - 21:59