Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Fast

Invista em fundo com inquilinos como Carrefour, Magazine Luiza e BRF, diz Safra

27/01/2020 - 13:03
Fundo imobiliário de logística reúne grandes empresas (Imagem: Unsplash/@chuttersnap)

Na ocasião da aluguel de um imóvel, a qualidade de adimplência do locatário é extremamente importante, para não ocorrer episódios desagradáveis de não pagamento.

Da relação unitária entre duas pessoas físicas ao contrato existente entre empresas grandes, a importância permanece idêntica.

Desta forma, os fundos imobiliários que possuem grandes empresas como inquilinas possuem maior segurança no pagamento dos aluguéis.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Empresas listadas

Dentro deste contexto, o Safra listou recomendação de compra para o fundo imobiliário Bresco Logística (BRCO11), responsável por gerir propriedades logísticas.

Os ativos deste fundo totalizam 375 mil metros quadrados de ABL (Área Bruta Locável), tendo exposição aos seguintes estados da federação: São Paulo (68%); Minas Gerais (8%); Rio Grande do Sul (8%); Paraná (8%) e Rio de Janeiro (6%).

Distribuição geográfica do fundo pulveriza risco (Imagem: Unsplash/@rhsupplies)

Possui como locatários nada menos que as seguintes empresas listadas em bolsa: Pão de Açúcar (PCAR4), Carrefour (CRFB3); Natura (NATU3); Whirlpool; DHL; BRF (BRFS3) e Magazine Luiza (MGLU3).

Atípico

Aproximadamente 81% dos contratos são atípicos. Neste tipo de acordo, caso haja rescisão por parte do locatário, o mesmo se compromete a pagar todos os aluguéis remanescentes;

Desta forma, existe maior previsibilidade do fluxo de caixa do fundo e, em decorrência, melhor expectativa sobre pagamento de dividendos via distribuição da receita de aluguéis.

Por último, a taxa de vacância deste fundo imobiliário é próxima a 1% e cerca de 28,4% dos contratos devem vencer nos próximos 2 a 3 anos, permitindo reajustes a frente.

Última atualização por Valter Outeiro da Silveira - 27/01/2020 - 13:04