Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Itaú calcula que pode cortar em até 10% preço-alvo para Ambev

Gustavo Kahil
02/03/2017 - 21:00

O Itaú se une aos analistas do mercado e reprova o resultado do quarto trimestre da Ambev (ABEV3). De acordo com a corretora do banco, o Ebitda (geração de caixa) veio 5% abaixo do estimado e o lucro líquido poderia ter ficado até 20% menor caso o efeito não-recorrente de uma operação financeira de R$ 1,2 bilhão não tivesse acontecido.

Leia também: O que está acontecendo com a Ambev? 

Os números mostram que as quedas de volumes e receitas de cervejas e refrigerantes no Brasil levaram a uma diminuição de 9,7% na receita líquida, que aliadas ao aumento de 10,6% no custo de produção, resultou nas quedas de 17,6% no lucro bruto e 30,8% no Ebitda (geração de caixa).

O Itaú chama a atenção para a linha “outras receitas” no resultado. “Os subsídios tributários ficaram em 1,3% das receitas, abaixo da média histórica e de nossas estimativas. Se mantido nesse patamar, pode significar uma redução de até 10% em nosso valor justo para as ações”, afirmam os analistas. O preço-alvo atual é de R$ 19.

Por fim, a corretora ressalta que o preço corrente da ação não é um ponto de entrada atrativo.

Veja outras recomendações de ações

Leia mais sobre: , ,

Última atualização por - 05/11/2017 - 14:07

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender
As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto