Empresas

Itaú (ITUB4): ‘Tudo leva a crer que faremos mais um pagamento extraordinário’, afirma CEO

19 jun 2024, 12:54 - atualizado em 19 jun 2024, 16:34
Milton Maluhy Filho
CEO do Itaú aponta que mais um pagamento de dividendo extraordinário deve ocorrer até o fim de 2024 (Imagem: Divulgação/ Itaú)

O Itaú Day evidenciou o foco do banco em transformação e inovações tecnológicas, com o intuito de melhorar a eficiência e mantê-lo competitivo diante de outros nomes no setor. O tema dividendos, de grande apreço do investidor, não ficaram de fora das falas de executivos durante o evento.

Na sessão de perguntas e respostas, Milton Maluhy Filho, CEO do Itaú (ITUB4) afirmou que “tudo leva a crer que a gente vai fazer mais um pagamento extraordinário”.

Ele reforçou que o banco tem o objetivo de criar valor para o acionista, em parâmetros de capital definidos pelo Conselho de Administração.

“O que a gente vem trabalhando é: o Conselho de Administração define um capital de 11,5% dentro do apetite, e a gente sempre trabalhou com uma gordura de 50 basis points, portanto, 0,5%, para distribuir o excesso de capital acima de 12%”, explicou.

Ele aponta que o banco não olha apenas para o curto prazo, mas para uma perspectiva de um horizonte razoável, de pelo menos 12 meses.

“Eu prefiro ter pagamentos extraordinários de dividendos recorrentes, mas divulgados na medida que a gente tenha mais segurança, do que definir ante um payout mais alto, que nos coloque uma pressão desnecessária, sendo que a gente sempre pode e distribuirá o excesso na medida que ele exista”. 

Em relação ao montante, ele aponta que ainda será definido, conforme o banco tenha mais dados, mas aponta que “não será um payout menor do que 30%, isso sem sombra de dúvidas”.

Quanto mais incerteza, menor o dividendo extraordinário, quanto mais segurança, maior o dividendo extraordinário em relação ao excesso do apetite, conclui Maluhy Filho.

Repórter
Formada em jornalismo pela Universidade Nove de Julho. Foi redatora na área de marketing digital por 2 anos e ingressou no Money Times em 2022.
Linkedin
Formada em jornalismo pela Universidade Nove de Julho. Foi redatora na área de marketing digital por 2 anos e ingressou no Money Times em 2022.
Linkedin
Giro da Semana

Receba as principais notícias e recomendações de investimento diretamente no seu e-mail. Tudo 100% gratuito. Inscreva-se no botão abaixo:

*Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.