Empresas

Itaú Unibanco (ITUB4) anuncia a compra da Avita e avança no setor de seguros

09 fev 2024, 10:18 - atualizado em 09 fev 2024, 10:26
itau-itub4 compra Avita
A aquisição será feita em duas partes, sendo 80% da compra agora e o restante em 5 anos.  (Imagem: REUTERS/Sergio Moraes)

O Itaú Unibanco (ITUB4) anunciou nesta sexta-feira (02) a compra da corretora Avita, empresa especializada na emissão de seguro garantia judicial. O valor da transação não foi divulgado.

A aquisição será feita em duas etapas, sendo 80% agora – mantendo os sócios-fundadores – e os 20% remanescentes do capital social da companhia após cinco anos. A instituição financeira lembra que a conclusão da operação está sujeita às aprovações dos órgãos reguladores competentes.

“Os sócios-fundadores da Avita permanecerão na liderança da operação da companhia. A gestão dos negócios da Avita continuará autônoma, e a corretora manterá suas relações comerciais com outras instituições, de modo a ampliar ainda mais a sua participação de mercado na distribuição de seguros nos próximos anos”, diz a nota enviada à imprensa.

  • Onde investir na renda fixa em 2024? Analista Lais Costa, da Empiricus Research, revela os melhores papéis para surfar no cenário previsto para a inflação neste ano; Confira no Giro do Mercado:

O objetivo da compra está na expansão da distribuição de seguro nas modalidades de garantia e linhas financeiras para clientes do Itaú BBA e, posteriormente, para os clientes do Itaú Empresa.

“Trata-se de uma tendência importante, e por isso vemos esse movimento como estratégico para ampliar nossa atuação em plataforma digital aberta de seguros e levar aos nossos clientes produtos e serviços de ponta, gerando engajamento cada vez maior com o banco”, diz Eduardo Domeque, diretor de Seguros do Itaú.

O anúncio vem após o Itaú Unibanco divulgar seus resultados financeiros do quarto trimestre de 2023 (4T23), na segunda-feira (05). A companhia encheu os olhos dos analistas que veem números ainda maiores para 2024.

Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, atua há 3 anos na redação e produção de conteúdos digitais no mercado financeiro. Anteriormente, trabalhou com produção audiovisual, o que a faz querer juntar suas experiências por onde for.
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, atua há 3 anos na redação e produção de conteúdos digitais no mercado financeiro. Anteriormente, trabalhou com produção audiovisual, o que a faz querer juntar suas experiências por onde for.