Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Japão reforça medidas de segurança para encontro do G20

25/06/2019 - 19:10
A expectativa é grande pelo encontro previsto entre o presidente americano, Donald Trump, e seu colega chinês, Xi Jinping, para discutir a guerra comercial (Reprodução: Facebook de Shinzo Abe)

Por Arena do Pavini

Companhias ferroviárias da região oeste do Japão reforçam medidas de segurança em estações com a aproximação da reunião de cúpula do Grupo dos 20, em Osaka.

Nesta segunda-feira, a quatro dias do início do encontro, foram lacrados guarda-volumes que funcionam com moedas e lixeiras em grandes estações da província de Osaka.

A expectativa é grande pelo encontro previsto entre o presidente americano, Donald Trump, e seu colega chinês, Xi Jinping, para discutir a guerra comercial entre as duas maiores economias do mundo que ameaça o crescimento mundial. O encontro ocorre em meio a uma onda de pessimismo com a economia global.

Estende-se a sábado o período em que as medidas estarão em vigor. Até lá a companhia ferroviária JR Oeste não permitirá o acesso aos guarda-volumes ou a qualquer coisa que esteja no seu interior.

Na Estação de Osaka, algumas pessoas pareciam confusas sobre o que fazer com sua bagagem.

Um viajante da província de Toyama, que é banhada pelo Mar do Japão, disse saber da realização da reunião de cúpula do G-20 em Osaka, mas não da impossibilidade de uso dos guarda-volumes.

Mostrou-se resignado, mas considerou incômodo ter de carregar a bagagem aonde quer que vá.

As companhias ferroviárias pedem ao público que colabore, levando para casa o seu próprio lixo enquanto as lixeiras estiverem lacradas.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Leia mais sobre: Economia, Internacional, Japão, Segurança

Última atualização por Vitória Fernandes - 25/06/2019 - 19:10