Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

JBS afirma que já regularizou crédito de R$ 209 milhões concedido irregularmente pelo MS

19/10/2020 - 11:30
JBS
A companhia optou por aderir ao parcelamento dos valores devidos, que são pagos regularmente, segundo a JBS (Imagem: Reuters/Shannon Stapleton)

Após informações virem à tona na mídia, dando conta de que a JBS (JBSS3) foi favorecida com crédito de R$ 209 milhões concedido irregularmente pelo governo do Mato Grosso do Sul, em denúncia  envolvendo os irmãos Joesley e Wesley Batista, da controladora J&F, a companhia afirma não fazer parte do processo de investigação movido pela Procuradoria-Geral da República (PGR).

De acordo com a JBS, as denúncias referidas foram oferecidas pelo Ministério Público Federal (MPF), como resultado do inquérito instaurado em 2018, a partir dos acordos de colaboração premiadas de executivos da J&F, sua controladora, que revelaram a concessão irregular de crédito e incentivos fiscais pelo governo do Mato Grosso do Sul.

“A companhia optou por aderir ao parcelamento dos valores devidos, que vem sendo pagos regularmente, sem qualquer prejuízo adicional”, explica a JBS sobre regularização do crédito.

Mais carne, menos terra

Na última sexta-feira (16), o CEO global da empresa, Gilberto Tomazoni, afirmou que fornecedores de gado no Brasil estão produzindo mais e usando menos terra, à medida que aumentam as preocupações com o esgotamento dos recursos naturais para produzir alimentos.

Em comentários feitos durante um painel de discussão para marcar o Dia Mundial da Alimentação, Tomazoni disse que a produção de carne no Brasil triplicou por hectare entre os anos de 1990 e 2019.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Lucas Simões - 20/10/2020 - 8:52