Apostas

Jogo do Aviãozinho: Entenda como funciona, se é ilegal e investigação que levou a bloqueio de R$ 101 milhões da Blaze

18 dez 2023, 11:18 - atualizado em 18 dez 2023, 11:18
jogo do aviãozinho
Jogo do Aviãozinho, ilegal no Brasil, está em evidência, sob investigação da Justiça (Imagem: Reprodução/Blaze)

O Jogo do Aviãozinho, a plataforma Blaze e influenciadores digitais que a promovem estão em evidência nesta semana, após reportagem do Fantástico detalhar investigação realizada sobre o jogo, ilegal no Brasil.

Conforme a apuração, a Blaze teve mais de R$ 100 milhões bloqueados pela Justiça, além de a polícia investigar índicos de que os ganhadores não estavam recebendo os prêmios.

O “Crash” — nome do jogo na plataforma – é um dos principais da Blaze, e consiste no jogador decidir o momento em que o avião deve parar de voar. Conforme voa, o valor da premiação sobe, no entanto, se a palavra “Crashed” surgir antes de o apostador interromper o voo, a aposta é perdida.

Conforme o Fantástico, a polícia de São Paulo passou a investigar após denúncias de apostadores de calote nos pagamentos de prêmios com valores mais elevados, gerando a suspeita de estelionato. “Eu cheguei a ganhar muito dinheiro, mais de R$ 100 mil. Eu consegui sacar R$ 20 mil. O resto ficou tudo lá. E era uma manipulação atrás da outra”, disse uma das vítimas à reportagem.

Jogo do Aviãozinho é ilegal?

O jogo é ilegal no Brasil e a mesma decisão que bloqueou R$ 101 milhões da Blaze também determinou a retirada do site do ar — o que não surtiu efeito. A companhia não tem sede ou representantes legais no país, dificultando o acesso da polícia aos responsáveis. Diversos influenciadores que promovem a plataforma estão sendo investigados.

De acordo com informações da polícia as quais a reportagem do Fantástico teve acesso, relatórios financeiros apontam que parte do dinheiro obtido pela plataforma é direcionado para três brasileiros.

Ainda conforme a apuração, advogados contratados pela Blaze para tratar do caso argumentam que a sede da companhia está em Curaçao. Dessa forma, que a atividade não configura infração penal, ainda que os apostadores sejam brasileiros e destacam que, em outro caso semelhante, o Ministério Público de São Paulo pediu o arquivamento do inquérito e a decisão de bloquear o site foi revogada.

Repórter
Formada em jornalismo pela Universidade Nove de Julho. Foi redatora na área de marketing digital por 2 anos e ingressou no Money Times em 2022.
Linkedin
Formada em jornalismo pela Universidade Nove de Julho. Foi redatora na área de marketing digital por 2 anos e ingressou no Money Times em 2022.
Linkedin