Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Justiça Federal: Gerentes do Bradesco são acusados de desviar quase R$ 1 bilhão

28/05/2019 - 10:58
MPF aponta falha no sistema de compliance do Bradesco (Foto: Bradesco)

O MPF (Ministério Público Federal) apontou falha no compliance do Bradesco (BBDC4) com o desvio de R$ 989,6 milhões. A Justiça Federal decretou a prisão de dois gerentes da instituição por lavagem de dinheiro.

Segundo o MPF, os gerentes eram “peças importantes em sofisticado esquema de lavagem de dinheiro”. “Em linhas gerais, os doleiros captavam cheques recebidos no varejo e os depositavam em contas bancárias de empresas fantasmas. Para abertura e movimentação das contas bancárias, a organização criminosa contava com a participação de gerentes de bancos que descumpriam regras de compliance a fim de permitir a criação das contas de giro”, diz o órgão público federal.

Para os procuradores da República da força-tarefa da Lava Jato no Rio de Janeiro, ocorreu falha no sistema de compliance das instituições financeiras.

“Os elementos ora reunidos não deixam dúvidas de que as instituições financeiras onde as contas foram abertas, em especial o Banco Bradesco, descumpriram os deveres de compliance, possuindo como consequência direta, além do fomento à lavagem de dinheiro acima demonstrado, a violação à livre concorrência, pois as instituições que dispendem recursos no compliance acabam restringindo seus negócios, sem contar no custo que é dedicado aos setores de conformidade”, afirmam.

A Reuters, o Bradesco afirmou que “cumpre rigorosamente com as normas de conduta ética e governança vigentes para a atividade”.

Veja na íntegra petição do MPF:

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Leia mais sobre: Bradesco, Instagram, Lava Jato, Mercados, MPF

Última atualização por Bruno Andrade - 28/05/2019 - 11:12