Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

KKR e CVC Capital estudam oferta conjunta por Telecom Itália

26/11/2021 - 11:34
A KKR está entre as empresas mais ativas no mercado global de fusões e aquisições desde o início da pandemia (Imagem: divulgação)

As gigantes de private equity KKR & Co. e CVC Capital Partners estudam uma oferta conjunta pela Telecom Itália, um passo que ajudaria a dividir o peso financeiro da maior aquisição alavancada de todos os tempos da Europa, disseram pessoas com conhecimento do assunto.

As duas empresas de investimento teriam conversado sobre uma potencial parceria, segundo as pessoas, que falaram sob anonimato.

A KKR está entre as empresas mais ativas no mercado global de fusões e aquisições desde o início da pandemia. Os chamados “club deals” – onde várias firmas de private equity se associam em uma aquisição – são cada vez mais frequentes em meio à escassez de potenciais alvos e ambição por empresas cada vez maiores.

A CVC estuda há vários meses uma possível aquisição da Telecom Itália, segundo as fontes. As firmas de private equity ainda avaliam os prós e os contras de uma parceria, e não há certeza de que farão uma oferta conjunta. Um dos pontos seria saber se a CVC entraria no negócio com o mesmo peso ou como um investidor minoritário, disseram as pessoas.

Menor interesse

A Advent International, que estava em negociações para uma parceria com a CVC, desistiu da ideia devido à complexidade da transação e à percepção de apoio do governo italiano pela oferta da KKR, disseram as pessoas.

Representantes da KKR, CVC e Advent não quiseram comentar. A assessoria de imprensa da Telecom Itália não respondeu de imediato a perguntas enviadas por e-mail.

A KKR fez uma oferta preliminar de 50,5 centavos de euro por ação pela Telecom Itália, o que avalia a empresa em cerca de 10,8 bilhões de euros (US$ 12,1 bilhões). CVC e Advent disseram esta semana que estão abertas a trabalhar com todas as partes interessadas para identificar como ajudar a Telecom Itália.

A Vivendi, maior acionista da Telecom Itália, já disse que a atual proposta da KKR é muito baixa. A empresa de investimento dos EUA estuda até onde pode aumentar a oferta para conquistar investidores reticentes, segundo informado pela Bloomberg News na terça-feira.

Potencial renúncia

O diretor-presidente da Telecom Itália Luigi Gubitosi, pediu que o conselho da empresa tome uma decisão rápida sobre a oferta da KKR. Em carta aos membros do conselho da Telecom Itália vista pela Bloomberg News, Gubitosi escreveu que está disposto a renunciar se isso ajudar a acelerar o processo de avaliação da oferta.

Incluindo os 22 bilhões de euros de dívida líquida da Telecom Itália, a compra da operadora de telefonia seria considerada a maior aquisição de private equity da Europa, de acordo com dados compilados pela Bloomberg.

Embora a KKR estude a possibilidade de trazer um sócio, o foco da empresa ainda está na proposta atual, disseram as pessoas A KKR tem como financiar a oferta sozinha e também poderia envolver alguns dos sócios de seu fundo como coinvestidores, segundo as fontes.

A CVC, uma das maiores empresas de private equity do mundo, completou uma captação de 21,3 bilhões de euros no ano passado para seu principal fundo. Seus investimentos anteriores na Itália incluíram a empresa de serviços financeiros Cerved Group e a farmacêutica Recordati.

Última atualização por Renan Dantas - 26/11/2021 - 11:34

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto