Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

LedgerX deseja lançar novo “índice de medo” para o mercado de derivativos cripto

10/07/2020 - 16:05
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
Após uma tentativa fracassada de lançar um índice de volatilidade para o bitcoin, LedgerX firmou uma parceria com T3 Index para lançar BitVol, para ser uma fonte confiável para investidores em derivativos (Imagem: Crypto Times)

LedgerX está fazendo uma tentativa em um índice de volatilidade do bitcoin, parecido com o VIX criado pela Bolsa de Opções de Chicago (CBOE).

No anúncio desta sexta-feira (10), o chamado BitVol Index é resultado de uma parceria entre a plataforma de opções de Chicago e T3 Index, fornecedora de índices baseados em opções.

Parecido com o “índice do medo” (VIX) de Wall Street, BitVol mede a volatilidade implícita do bitcoin, alavancando os dados de mercado da LedgerX.

Essa não é a primeira tentativa da LedgerX em criar um índice de volatilidade para o bitcoin. Em 2019, lançou o LedgerX Volatility Index (LXVX). Porém, o CEO Zach Dexter afirmou que o novo produto terá dados de inúmeras fontes.

“Quanto mais dados acrescentarmos, maior será a qualidade do índice”, disse ele em entrevista ao The Block.

Por enquanto, o índice estará disponível na plataforma LedgerX. Também estará disponível no Eikon da Refinitiv — adversário dos terminais onipresentes da Bloomberg que bombardeiam Wall Street.

Dexter disse que pode servir como uma fonte para investidores em opções, como aqueles que desejam opções de compra caso vejam uma queda na volatilidade. Opções de compra são mais baratas quando a volatilidade diminui.

Também pode atrair participantes ao negócio da empresa, que está bem atrás das adversárias Deribit, CME Group e OKEx.

Pensando no futuro, Dexter disse que T3 e LedgerX poderiam “comercializar” o índice, ou seja, criarem um produto negociável acima dele. Tal produto seria inovador no mercado cripto. Ledger não listará o produto em seu mercado até ter recebido todas as aprovações regulatórias necessárias, disse Dexter.

Em Wall Street, negociadores entraram no VIX e as estratégias relacionadas à volatilidade dispararam, segundo o Wall Street Journal. Mais especificamente mais de US$ 1 trilhão equivalente em derivativos ligados ao VIX foram negociados desde o início do ano.

Simon Ho da T3 disse que a comercialização do BitVol poderia resultar no desenvolvimento de produtos adicionais ligados à volatilidade do bitcoin e permitir que negociadores apliquem novos tipos de estratégias.

“Poderia gerar negociação de ativos entre BitVol e o VIX”, disse ele.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 10/07/2020 - 16:05