Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Liquidez global sustenta 4ª alta seguida do Ibovespa

19/06/2020 - 12:08
Ibovespa
Às 10:48, o Ibovespa subia 0,7%, a 96.802,10 pontos. O volume financeiro somava 4,12 bilhões de reais (Imagem: REUTERS/Nacho Doce)

A bolsa paulista engatava uma quarta alta seguida nesta sexta-feira, embalada pela cena externa favorável a ativos de risco, em meio ao ambiente de farta liquidez global, que segue ofuscando, no caso do Brasil, quadro econômico desafiador e tensão política.

Às 10:48, o Ibovespa subia 0,7%, a 96.802,10 pontos. O volume financeiro somava 4,12 bilhões de reais.

“Mais um dia, mais movimento de alta das bolsas globais. O excesso de liquidez disponibilizado pelos bancos centrais continua a se sobrepor sobre qualquer outro aspecto econômico ou financeiro”, afirmou o estrategista Dan Kawa, da TAG Investimentos.

Em Wall Street, os principais índices acionários avançavam cerca de 1%, endossando a alta no pregão brasileiro, com apostas de uma recuperação rápida da economia após a pandemia, mesmo com o aumento de novos casos de Covid-19 em vário Estados norte-americanos.

DESTAQUES

– Cvc Brasil On subia 3,65%, entre as maiores altas, tendo de pano de fundo comentários do presidente da operadora de turismo ao jornal Valor Econômico, que se prepara para retomar 100% das suas atividades a partir de 1º de julho.

A ação está entre as que mais sofreram com a pandemia de Covid-19 e ainda acumula perda de mais de 50% em 2020.

– BB Seguridade On valorizava-se 4,2%, respaldada por relatório do BTG Pactual, no qual os analistas relatam reunião com executivo da companhia em que ele afirmou que a tendência de recuperação positiva continuou nas últimas semanas e que os resultados operacionais estão muito próximos das expectativas pré-Covid, bem como que o primeiro trimestre provavelmente será o pior trimestre do ano.

Também citam que a BB Seguridade pretende divulgar uma novo guidance em paralelo ao segundo trimestre. No setor, Sulamerica (SULA4)Unit ganhava 3,8%.

Petrobras (PETR4) Pn e Petrobras On avançavam 1,1% e 0,7%, respectivamente, na esteira da alta dos preços do petróleo no exterior, após produtores da Opep+ prometerem cumprir as metas de cortes e em meio a sinais de recuperação da demanda.

O Brent tinha elevação de 2,4%. A companhia também disse que iniciou processo de venda da totalidade de sua participação nos campos de Atum, Curimã, Espada e Xaréu, em águas rasas na sub-bacia de Mundaú, no Estado do Ceará.

Vale (VALE3)On cedia 0,4%, em sessão de variação tímida dos preços do minério de ferro na China, embora os contratos futuros tenham registrado o sétimo ganho semanal.

No setor de mineração e siderurgia, Usiminas (USIM3)Pna ganhava 3,1%, ajudada por relatório do Bradesco(BBDC4) BBI, que elevou recomendação para ‘neutra’, assim como aumentou o preço-alvo da empresa e suas pares no setor. Gerdau Pn subia 1,4% e Csn On recuava 0,7%.

Itaú Unibanco (ITUB4) Pn avançava 0,4% e Bradesco Pn valorizava-se 0,4%, endossando o viés positivo do Ibovespa.

Marfrig On e Minerva On perdiam 1,3% cada, em meio à queda do dólar ante o real, além de notícia de a autoridade aduaneira da China pediu que os exportadores de alimentos ao país assinem uma declaração de que seus produtos não estão contaminados pelo novo coronavírus, segundo três pessoas que receberam uma carta nesta sexta-feira. Jbs On recuava 0,2%.

O conselho de administração da TIM Participações aprovou nesta sexta-feira assinatura do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre a subsidiária integral da companhia, TIM S.A., e a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), mostrou ata da reunião enviada à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

“O acordo abrange sanções que totalizam um valor de aproximadamente 639 milhões de reais, que serão arquivadas em função de compromissos representados em ações de melhoria de qualidade e experiência do cliente, evolução dos canais digitais de atendimento”, afirmou a TIM em comunicado ao mercado.

O acordo ainda prevê ações visando redução dos índices de reclamação, bem como incremento de infraestrutura de rede em mais de 2.000 localidades.

De acordo com a empresa, a subsidiária também assumiu o compromisso de levar banda larga móvel, por meio da rede 4G, a cerca de 350 municípios com menos de 30 mil habitantes, o que, segundo a TIM, beneficiará 3 milhões de pessoas nas regiões Nordeste, Norte, norte de Minas Gerais e em Goiás.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Última atualização por André Luiz - 19/06/2020 - 12:09