Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Livre do Bradesco, C&A pode focar em oferta própria de crédito e acelerar vendas, diz XP

Diana Cheng
10/11/2021 - 20:01
C&A
A XP vê na transação potencial para destravar muito valor à medida que ela ganha escala, mas é um movimento que demandará tempo (Imagem: LinkedIn/C&A Brasil)

Com o fim da parceria com o Bradesco (BBDC4), a C&A (CEAB3) deve alavancar suas vendas ao disponibilizar uma oferta de crédito própria, defendeu a XP Investimentos.

A empresa do setor de vestuário informou na noite de terça-feira que concluiu uma negociação no valor de R$ 415 milhões com o banco para recomprar o direito de oferecer seu próprios produtos financeiros.

Essa notícia era bastante aguardada pelo mercado. Habilitada a oferecer soluções financeiras próprias aos clientes, a C&A ganha um diferencial competitivo do setor de varejo, destacou a XP.

“Vemos a oferta de crédito proprietária como um diferencial competitivo para varejistas, especialmente com um público-alvo de classes mais baixas”, afirmou a equipe de análise de Varejo da corretora.

A XP vê na transação potencial para destravar muito valor à medida que ela ganha escala. No entanto, é um movimento que demandará tempo.

Segundo os analistas, os benefícios vão demorar para aparecer nos resultados, visto que, para fazer a transição de uma solução a outra, será necessário investir em equipe e plataforma e fazer a migração dos consumidores.

Além disso, muitos fatores ainda precisam ser acertados. A Ágora Investimentos destacou a dificuldade em estimar como essa transição vai impactar os resultados da companhia nos próximos anos.

“Isso dependerá de 1) quantas pessoas se inscreveram para a solução de crédito, 2) quantas dessas pessoas não estavam comprando na C&A porque elas não conseguiram acesso ao crédito (ou seja, quanto isso será incremental às vendas); e 3) despesas e provisões”, listou a corretora.

Pelas estimativas da Ágora, um aumento de 10% a 20% na receita até 2024 e um pequeno lucro de serviços financeiros a partir do terceiro ano cobririam o preço a ser pago ao Bradesco.

A XP e a Ágora mantiveram recomendação neutra para a C&A. Os papéis da companhia fecharam o pregão desta quarta com forte valorização de 7,7%, cotados a R$ 7,83. A ação chegou a atingir R$ 8 na máxima do dia. O Ibovespa terminou em alta de 0,41%, a 105.967,51 pontos.

C&A Pay

A C&A anunciou nesta quarta a criação da C&A Pay, uma nova solução de crédito e outros produtos financeiros para compras realizadas em suas lojas físicas e em seu e-commerce.

A solução chegará ao mercado em dezembro com alguns benefícios inclusos, como a não cobrança de anuidade, condições especiais de pagamento e parcelamento em um aplicativo exclusivo.

Além do e-commerce, o C&A Pay será integrado ao programa de relacionamento C&A&VC. Após o lançamento, outras funcionalidades e serviços serão integrados ao universo do C&A Pay.

Disclaimer

Money Times publica matérias de cunho jornalístico, que visam a democratização da informação. Nossas publicações devem ser compreendidas como boletins anunciadores e divulgadores, e não como uma recomendação de investimento.

Última atualização por Diana Cheng - 10/11/2021 - 20:05

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender
As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto
Pela Web