Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Log Commercial recua após confirmação que avalia nova oferta de ações

27/09/2019 - 16:31
Log Commercial Properties
A companhia, contudo, ressaltou que até o presente momento “não aprovou a efetiva realização de qualquer oferta pública de distribuição de ações” (Imagem: Youtube da Log)

Por Investing.com

As ações da Log Commercial Properties (LOGG3) operam com forte queda nesta sexta-feira depois de que a companhia informou, mais cedo, que avalia potencial oferta primária de ações ordinárias e já engajou instituições financeiras para atuarem como coordenadores da operação em potencial. O sindicato é formado por Banco BTG Pactual (BPAC11), Bradesco BBI, XP Investimentos e Itaú BBA.

Com isso, por volta das 16h20, os papéis eram negociados com perdas de 2,61% a R$ 24,25.

A companhia, contudo, ressaltou que até o presente momento “não aprovou a efetiva realização de qualquer oferta pública de distribuição de ações, tampouco seus termos e condições, ou quaisquer outras possíveis operações para captação de recursos”.

“A efetiva realização da oferta em potencial e suas respectivas condições ainda serão oportunamente analisadas pela companhia”, afirmou, acrescentando que a realização da mesma está, ainda, sujeita às condições do mercado de capitais, bem como às aprovações regulatórias e societárias aplicáveis.

As ações da Log Commercial acumulam valorização de 35,61% no ano e de 39,90% desde o IPO no final de dezembro de 2018.

2º trimestre

A empresa de aluguel de galpões finalizou o segundo trimestre do ano com alta de 32,2% no lucro líquido. O montante ficou em R$ 16,4 milhões ante os R$ 12,4 registrados no ano anterior.

“No segundo trimestre de 2019, entregamos 15,7 mil m² de ABL do portfólio LOG, atingindo 833 mil m² de ABL (% LOG) em junho, com entregas mais concentradas ao final do trimestre. Mantivemos nosso planejamento de atingir 920 mil m2 de ABL ao final de 2019”, afirmou a empresa em comunicado.

A receita líquida consolidada foi de RS 30,9 milhões, o que representa um aumento de 22,2% em relação aos R$ 25,3 milhões do mesmo período de 2018. A variação do Ebitda, valor que representa o resultado operacional da companhia, foi de 29,4% a R$ 24,6 milhões. A margem Ebitda foi de 79,7%.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Vitória Fernandes - 27/09/2019 - 16:31

Cotações Crypto
Pela Web