Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Lojas Americanas: resultados “robustos” são elogiados pelos analistas

24/02/2020 - 10:35
“Ano agressivo”: competição entre varejistas não atrapalhou desempenho da Lojas Americanas, segundo UBS (Imagem: Renan Dantas/Equipe Money Times)

Os resultados do quarto trimestre e do consolidado de 2019 da Lojas Americanas (LAME4) foram bem recebidos pelos analistas. Elogios como “fortes” e “robustos” indicam o quanto o mercado gostou do que viu.

Entre os destaques, estão o crescimento do volume de vendas online, a queda do endividamento líquido e a superação da meta de abertura de lojas físicas.

“O resultado apresentado pelas Lojas Americanas foi robusto em todos seus segmentos. A elevação na geração de caixa, aumento de eficiência nas suas operações, crescimento de escala do Ame Digital, demonstram que a empresa tem conseguido entregar resultados surpreendentes e acima das expectativas de mercado”, afirma a Guide Investimentos, num breve comentário.

Já o UBS, em relatório assinado por Gustavo Piras Oliveira, Gabriela Katayama e Rodrigo Alcantara, observam que “a lucratividade foi impressionante, considerando a agressividade do ano e as campanhas sazonais”.

A margem bruta de 37,9% no quarto trimestre, por exemplo, ficou 32 pontos-bases acima da expectativa do UBS. O giro das mercadorias também foi “uma surpresa positiva”, segundo o banco suíço.

O ciclo entre a venda e o recebimento do dinheiro baixou de 20 dias, na comparação com 12 meses atrás, para 10 dias.

O UBS mantém sua recomendação de compra para os papéis, com preço-alvo de R$ 34. Isso significa um potencial de alta de 17,6% sobre o fechamento da sexta-feira (21).

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!

Última atualização por Márcio Juliboni - 24/02/2020 - 10:35