Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Lucratividade da M. Dias Branco dependerá do reajuste de preços em 2021

09/04/2021 - 14:26
M. Dias Branco MDIA3
Novos reajustes poderão ser necessários como forma de recuperar margens e a lucratividade, explica analista sobre a situação da M. Dias Branco neste ano (Imagem: Divulgação)

A M. Dias Branco (MDIA3), líder nos mercados de biscoitos e massas no Brasil, ainda pode alcançar lucratividade neste ano, após sofrer com a redução dos volumes de venda em 2020. A Planner cortou o preço-alvo do papel, mas ainda segue com recomendação de compra.

“Depois de resultados consistentes no 2T20 e no 3T20, o último trimestre registrou forte retração de volumes vendidos pela M. Dias Branco que foram compensados pela recomposição de preços”, destaca o analista Victor Martins, que assina o relatório.

O resultado refletiu a estabilidade da receita líquida em R$ 1,7 bilhão (+0,4%), explica o analista. Sustentada pelo aumento de 18,9% do preço médio, o desempenho compensou a queda de 15,5% dos volumes.

A M. Dias Branco registrou lucro líquido de R$ 209 milhões no quarto trimestre de 2020, queda de 21,1% em relação ao mesmo período do ano anterior, pressionada por maiores custos com trigo e câmbio.

Espera-se que a legalização das apostas esportivas seja muito significativa aos impostos

O que pode alavancar os ganhos com as ações da empresa diz respeito ao aumento de preços, explica a corretora.

“Novos aumentos de preços estão sendo estudados de forma a recompor as margens ainda pressionadas principalmente por alta das matérias primas e fortalecimento do dólar ante o real”, comenta Martins.

Trigo
Se por um lado o dólar alto continua pressionando os custos das matérias primas, a M. Dias Branco possui preços abaixo do mercado em trigo e óleo de palma(Imagem: Reuters/Pascal Rossignol)

Outro dado positivo na avaliação vem das receitas com exportações. O indicador disparou 278% em 2020, batendo a marca de R$ 235,2 milhões.

A forte evolução refletiu a captura de oportunidades em farinhas, massas e margarinas; o forte crescimento das vendas de private label nos EUA; além do reforço da estrutura comercial da M. Dias Branco , com primeiro time fora do Brasil, localizado no Uruguai.

Se por um lado o dólar alto continua pressionando os custos das matérias primas, notadamente do trigo e óleo de palma, a companhia possui preços abaixo do mercado nestas commodities, refletindo uma adequada política de estoques.

“Novos reajustes poderão ser necessários como forma de recuperar margens e a lucratividade”, conclui o analista.

Veja a seguir os detalhes de recomendação da Planner:

Empresa Ticker Recomendação Preço-alvo antigo (R$) Preço-alvo atual (R$) Valorização (%)
M. Dias Branco MDIA3 Compra 45 40 39

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Lucas Simões - 09/04/2021 - 14:38

Pela Web