Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Lucro da Dexco, ex-Duratex, sobe 314% e chega a R$ 716,6 milhões

28/07/2021 - 20:43
Duratex DTEX3 Dexco
O EBITDA ajustado e recorrente atingiu recorde histórico para o ciclo de abril a junho ao chegar a marca dos R$ 500,2 milhões (Imagem: Divulgação)

A Dexco, ex-Duratex (DTEX3), registrou um lucro líquido de R$ 716,6 milhões no 2º trimestre de 2021, alta de 314% na comparação com o período de janeiro a março do mesmo ano. A informação foi divulgada em documento enviado mercado nesta quarta-feira (28).

A companhia comentou que o crescimento foi puxado pela decisão do STF de excluir o ICMS da base de cálculo do PIS e da COFINS, o que acarretou em um ganho extraordinário de R$ 429,7 milhões.

O EBITDA ajustado e recorrente atingiu recorde histórico para o ciclo de abril a junho ao chegar a marca dos R$ 500,2 milhões, crescimento de 320,2% na comparação com o mesmo período do ano passado.

“A captura dos aumentos de preços em todas as divisões aliada aos relevantes ganhos em produtividade e a manutenção dos altos níveis de demanda garantiram a Dexco o maior nível histórico de EBITDA”, disse a empresa.

A receita líquida foi de R$ 1,9 bilhão, aumento de 88,7% na relação com o 2º trimestre de 2020. Essa elevação aconteceu devido ao crescimento das vendas da Deca e revestimentos aliado à manutenção dos altos níveis de demanda na divisão madeira.

“A companhia finalizou o segundo trimestre do ano com a geração de R$ 193,9 milhões de fluxo de caixa livre ex projetos, se desconsiderados os eventos não recorrentes do período”, afirmou a Dexco.

Veja o documento:

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Bruno Andrade - 28/07/2021 - 21:01

Cotações Crypto
Pela Web